Motas e carros antigos desfilaram nas festas de Gondim

“A mota da Clarinha” foi a mota mais antiga a participar na concentração de carros e motas antigas, que decorreu na sexta-feira da semana passada, integrando o programa de festas de Gondim. Trata-se de uma Terrot, com uma cilindrada de 99 centímetros cúbicos e é de 1936. “Comprei-a muito danificada e mandei-a reparar e aqui está ela, toda original, cor e tudo”, conta o proprietário, Geraldino Oliveira.

Ao todo, foram cerca de 50 os participantes nesta concentração organizada pela comissão de festas, a quem se juntaram cerca de 10 carros antigos. No ano passado, integrando as festas já houve uma pequena concentração mas a comissão deste ano, formada pelos pais dos meninos que fizeram a comunhão, resolveram este ano fazer uma iniciativa mais organizada. E a ideia, referem, é que as próximas comissões mantenham esta tradição.

Isabel Fernandes Moreira