Faltam professores na escola EB 1 dos Arcos

Impacientes e indignados. É este o estado de espírito dos pais e encarregados de educação dos alunos de duas turmas, do 2º e 3º ano, da escola EB1 de Arcos, em S. Pedro Fins.

É que apesar de o ano lectivo ter iniciado há mais de uma semana, ainda não foram colocados os professores que nesta altura já deveriam estar a dar aulas às duas turmas. Uma situação que já não é nova, nesta escola.

Já o ano passado, a turma do 1º ano teve quatro professores. Os pais falam de "má gestão" e "incompetência" do sistema de ensino.

A PRIMEIRA MÃO, fonte do conselho executivo do Agrupamento Vertical Levante da Maia garantiu que o concurso para a colocação de professores naquela escola foi lançado no devido tempo, e que nada mais pode fazer, senão esperar que os professores sejam colocados. Tentamos ainda obter mais explicações, junto da Direcção Regional de Educação do Norte, mas até ao momento, não obtivemos qualquer resposta.

Os pais estão cansados de esperar e admitem avançar com acções de protesto.

Fernanda Alves