Partidos poderão voltar a receber donativos em dinheiro

A proposta de Orçamento de Estado para 2009 abre campo para uma alteração das regras do financiamento dos partidos e das campanhas eleitorais.

O Diário Económico diz hoje que ao contrário do que a  lei proíbe desde 2003, no próximo ano, em que se realizam eleições, as forças politicas podem voltar a receber donativos em dinheiro.

A proposta do Governo prevê que os contributos entregues por pessoas singulares possam deixar de ser feitos por cheque ou transferência bancária, o que na prática significa que os partidos podem voltar a receber donativos em dinheiro vivo para financiar as campanhas.