JSD critica “devaneios” da JS

A JSD da Maia acusa a JS de “devaneios” e de desconhecer a realidade do concelho em matéria de política de juventude, ao analisar as conclusões do recente Conselho Municipal da Juventude e as apostas do orçamento municipal de 2009 para o sector.

Em resposta a um comunicado dos jovens “rosa”, os jovens “laranja” refere que “só por engano (erro crasso) é que a Juventude Socialista da Maia pode decepcionar-se com o plano de actividades”. A decepção, dizem, por poderá surgir da “sua não prestação” e de, na fase de elaboração “ter-se esquecido (talvez em alguma pen-drive…) de enviar os seus contributos”.

A JSD refere que a Maia “está no top do ranking das autarquias que mais habitação social disponibiliza aos seus munícipes”, criticando a falta de políticas de “habitação jovem” do Governo e a aquilo que dizem ser “a vergonha que foi a propaganda à reforma do antigo incentivo ao Arrendamento para Jovens, mais conhecido por Porta 65, em que nenhum jovem maiato se podia candidatar, porque estava automaticamente excluído devido aos critérios para a candidatura”.

(Notícia a desenvolver na edição desta semana de Primeira Mão)