Autarquias precisam de "empurrão" para as candidaturas ao QREN

O secretário de Estado do Ordenamento do Território reconheceu que as autarquias precisam de um “empurrão” para aperfeiçoar as suas candidaturas ao Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN) no sector “Bairros Críticos”, onde apenas foram aprovados cinco projectos a nível nacional.

Destas cinco, três são do Norte do país (Bragança, Maia e Gaia) e duas da região de Lisboa (Amadora e Almada), onde ficaram por atribuir 10 milhões de euros.

“Nesta linha específica de apoio, as candidaturas são muito complexas. As autarquias já estão habituadas a preparar candidaturas para a área das frentes ribeirinhas mas nos Bairros Críticos não – este sector abrange muitas vertentes como a reabilitação urbana, o espaço público, a componente social e a económica”, afirmou João Ferrão, citado pela agência Lusa.