“Em primeiro lugar as pessoas” continuará a ser lema do PSD da Maia e da candidatura às autárquicas, garante Bragança Fernandes

Cerca de seis centenas de militantes do PSD e independentes assistiram, no passado sábado, à tomada de posse dos novos elementos da Comissão Política Concelhia do PSD da Maia. Bragança Fernandes é o novo líder, sucedendo a Paulo Ramalho, que passou a assumir o lugar de presidente da Mesa do Plenário. Joaquim Alberto Marques, Eleonora Ribeiro, Jaime Pinho, Lídia Branco, Cândido Graça, Joaquim Marques Gonçalves e Luciano Gomes foram os restantes elementos a tomar posse.

Entre as individualidades que marcaram presença no jantar de tomada de posse, que decorreu em Gemunde, destaque para Marco António Costa, presidente da distrital do Porto do PSD; Luís Vales, presidente da distrital do Porto da JSD; Agostinho Branquinho, vice-presidente do Grupo Parlamentar do PSD; e Pedro Brás Marques, futuro candidato do PSD ao concelho de Vila do Conde.

A grande participação dos militantes demonstra a “vitalidade” do partido na Maia, referiu Bragança Fernandes. “Acho que é uma vitória para esta comissão política, porque além de ser uma tomada de posse é uma ‘rentrée’ política para começarmos a lutar para as eleições que se avizinham”, sublinhou.

O líder do PSD e presidente da Câmara Municipal da Maia, que já deu a conhecer a intenção de se recandidatar, diz que o trabalho da comissão política passará por contribuir para que o partido ganhe em todas as frentes. Ou seja, nas eleições Europeias, Legislativas e Autárquicas. A nível local, “queremos ganhar as autárquicas, conseguir mais deputados na Assembleia Municipal e conseguir ganhar ao PS mais juntas de freguesia”, adiantou.

Último a discursar, o líder dos social-democratas da Maia, comprometeu-se continuar a trabalhar em “prol dos outros”. Falando ainda do projecto autárquico do PSD para a Maia, adiantou que assentará na “valorização pessoal, na criação de uma sociedade mais justa, mais solidária, mais eficiente e mais feliz”.

Bragança Fernandes garantiu ainda que o município que lidera está preparado para enfrentar os difíceis desafios que terá pela frente, impostos pela actual conjuntura nacional e internacional. “Sempre estivemos ao longo dos últimos anos e assim continuaremos. Somos um concelho forte, porque forte é a nossa gente, a nossa motivação e a nossa crença. A Maia conta connosco e nós contamos com todos os maiatos”, referiu. “Em primeiro lugar as pessoas” continuará a ser lema do PSD da Maia e da candidatura às autárquicas.

Fernanda Alves

(Notícia a desenvolver na edição de sexta-feira de Primeira Mão)