Novos Laços mais perto dos idosos

O projecto municipal “Novos Laços” tem, desde segunda-feira, uma nova valência. Chama-se “Novos Laços ao Domicílio” e visa “proporcionar uma melhoria da qualidade de vida aos idosos do concelho da Maia através da criação de condições para uma maior autonomia das pessoas dependentes no seu domicílio”.

Vai apoiar idosos em pequenas tarefas domésticas como substituir lâmpadas, mudar um vidro partido, fazer pequenas obras de melhoramento das condições físicas da habitação, entre outras.

O novo serviço é a concretização de um desejo e preocupação há muito manifestado pelo presidente da Câmara Municipal da Maia, Bragança Fernandes. “Era uma preocupação constante que eu tinha, o apoio ao mais idoso, ao que está sozinho em casa e que não tem apoio familiar. Infelizmente, vejo os idosos a serem um pouco abandonados pela família”, sublinhou.

Daí a ideia de criar este novo serviço através do projecto Novos Laços. Para o efeito foram adquiridas duas viaturas. Uma carrinha que poderá ser utilizada para o transporte de idosos que não têm outro meio de transporte para ir ao centro de saúde ou à farmácia para comprar medicamentos. Ou mesmo para se deslocar às instalações do Novos Laços, em Águas Santas. E uma viatura ligeira de mercadorias que estará vocacionada para a prestação de pequenas intervenções ou tarefas em casa dos idosos, como “mudar uma lâmpada, uma telha ou desentupir algum cano”, especificou o autarca. “Qualquer deficiência que exista na casa e que possamos ajudar, não dando o material mas a mão-de-obra, nós estamos prontos a ajudar”, garantiu.

De acordo com a coordenadora do projecto, Teresa Frade, o idoso será atendido por uma técnica social que irá fazer a triagem do problema para, depois, encaminhar o caso para a empresa parceira do projecto, neste caso, a Electroinstal.

É um serviço gratuito, que estará acessível a todo o concelho da Maia, dirigido a idosos carenciados financeiramente ou com outro tipo de carências, como falta de apoio familiar ou mobilidade. “Vamos tentar fazer um esforço para responder a todas as pessoas que necessitem deste serviço”, garantiu Teresa Frade.

Com esta iniciativa, o Novos Laços quer ser a “família de retaguarda” que o idoso não tem. A funcionar desde há algum tempo está o Cantinho do Idoso, nas instalações do projecto, em Águas Santas, acolhendo cerca de 40 utentes.

O objectivo é proporcionar o convívio entre os idosos e combater a solidão. Funciona todos os dias da semana, das 09h00 às 17h30.

No futuro poderão surgir novos serviços. Um deles, adiantou Teresa Frade, dará a oportunidade aos idosos de aprenderem a ler e a escrever, através da criação de uma Universidade Sénior. “É um projecto muito verde, mas que já começamos a trabalhar”, referiu. A teleassistência médica é outro dos projectos que está a ser analisado em conjunto com o vereador da acção social, Nogueira dos Santos. A ideia é criar um sistema que possa “salvaguardar” o idoso que fica sozinho durante a noite.

Elogios ao executivo

A cerimónia de apresentação do projecto “Novos Laços ao Domicílio” ficou marcada por vários elogios ao presidente da Câmara Municipal da Maia, proferidos pelo vereador da acção social, Nogueira dos Santos, e pela coordenadora do projecto Novos Laços, Teresa Frade. Ambos deixaram bem vincada a preocupação do autarca pelo bem-estar dos mais idosos e dos mais desfavorecidos. “O nosso presidente disse em campanha eleitoral que gostaria, um dia, de ter alguém que pudesse ajudar o idoso nas dificuldades do seu dia-a-dia. É este apoio comunitário que a Câmara Municipal da Maia vai hoje colocar no terreno”, referiu Nogueira dos Santos. “É mais um passo forte que a câmara dá na protecção das pessoas e para que o seu lema ‘em primeiro lugar as pessoas’ possa ser cada vez mais aplicado”, acrescentou. E mais elogios se seguiram, quase em jeito de campanha, com o vereador da acção social a explicar que este novo serviço surge não só em tempo de dificuldades, mas também “porque este executivo presidido por António Bragança Fernandes, espelha no terreno as preocupações do dia-a-dia que vão na mente deste homem”.

A intervenção social e a procura de respostas para os problemas que afectam os maiatos, são de acordo com o vereador, as principais prioridades do executivo liderado por Bragança Fernandes. “Com este presidente, a Maia tem a certeza que os seus problemas serão resolvidos”, reforçou.

Teresa Frade, coordenadora do projecto Novos Laços deu continuidade aos elogios, destacando as preocupações do autarca e da política social que tem vindo a seguir.

E aproveitou para explicar aos muitos idosos presentes na cerimónia que o Novos Laços é um projecto municipal de intervenção comunitária, “que depende da vontade de trabalhar para aqueles que mais necessitam, deste executivo e da vontade do senhor presidente, acima de tudo, em resolver e minorar os problemas da população mais carenciada da Maia”.

Quando e como?

O “Novos Laços ao Domicílio” estará disponível através do número verde 800 208 249 e funcionará todos os dias da semana, entre as 08h00 e as 22h00.

Fernanda Alves