Águas Santas termina aquém dos objectivos

Terminou o campeonato distrital da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP). Na Série 1, o Grupo Desportivo (GD) de Águas Santas chega ao fim da época no 12º lugar da tabela, mas com a desejada vitória. Na derradeira partida da temporada 2008/2009, derrotou, em casa, o S. Romão, por 3-0.

Os três pontos conquistados frente a um adversário directo garantiram à equipa de Águas Santas uma ligeira subida na tabela, liderada pelo Salgueiros 08, o vencedor da série, com 63 pontos conquistados. Depois de seis jornadas em 13º lugar, ascenderam ao 12º posto, ainda que com apenas 23 pontos. Foi este o resultado das sete vitórias, dois empates e 19 derrotas somados ao longo da temporada.

 

O presidente do clube, e treinador até ao final de Dezembro de 2008, altura em que sofreu um acidente de viação, destaca os “bons jogos”, inclusive alguns em que o GD de Águas Santas perdeu, mas “os jogadores saíram do campo com a missão cumprida de tudo fazerem para evitar um resultado adverso”. Apesar disso, reconhecendo Albino Rocha ter demonstrado ser “uma equipa um pouco imatura”, tal como admitiu no início do campeonato, e que “não tinha a noção da realidade do que era o futebol sénior, em termos de 2ª Divisão”. Seja pelas características dos adversários ou dos recintos de jogo.

Ouça as declarações de Albino Rocha:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Ainda assim, a classificação ficou aquém do desejado, já que o objectivo delineado no início da época apontava para um lugar a meio da tabela.

A conseguir-se “aguentar todo o trabalho feito nesta época com estes jogadores, acho que na próxima época poderemos fazer já coisas muito mais interessantes”, admite Albino Rocha, em momento de balanço. Mas já a pensar, em termos muito genéricos, na próxima temporada, sendo que alguns jogadores poderão sair mas outros deverão continuar a fazer parte do plantel sénior.

Quanto à equipa técnica, nada está ainda definido, embora confesse que a paixão pelo futebol e pelo trabalho de campo o leva a ponderar manter o acumular dos cargos de presidente e de treinador. Mas tudo depende da recuperação, em termos físicos, já que aguarda ainda a marcação de mais uma cirurgia na sequência do acidente de Dezembro.

Entretanto, Albino Rocha aproveita para lamentar que o campeonato tenha terminado tão cedo, apontando o dedo à Associação de Futebol do Porto, que define os calendários. Por considerar que é demasiado longa a paragem até ao arranque da temporada 2009/2010. Para manter algum ritmo competitivo, a AFP criou uma prova com as equipas das duas séries da 2ª Divisão, prevista para Maio, mas explica o presidente que o GD de Águas Santas optou por não se inscrever, por entender que esta taça tem interesses meramente financeiros.

Marta Costa