Cartaz do Maiact com “melhor produto nacional”

Da Weasel, Xex & Band, Mundo Complexo, Slimmy, X-Wife, Noidz, Moonspell, Blasted Mechanism, Ekus, Rita Redshoes e Jorge Palma. Estes são alguns dos nomes que compõem o cartaz do Maiact ’09. A edição deste ano do Festival da Juventude, uma organização do pelouro da Juventude da Câmara Municipal da Maia, foi apresentada oficialmente no passado sábado, na Casa do Alto, em Pedrouços e contou com a presença de alguns dos elementos das bandas que vão subir “ao palco” do Complexo de Ténis da Maia, entre 18 e 25 de Julho.

O vídeo da apresentação:

 

O vereador da Juventude, Hernâni Ribeiro, acredita que com esta segunda edição, o Maiact fica consolidado. E para isso, justifica, contribuiu o cartaz da primeira edição. “Penso que tivemos a felicidade de encontrar logo um modelo que correspondia às expectativas da juventude maiata e dado o sucesso que o mesmo obteve, para este ano, foi só tentar melhorar um bocadinho em termos de qualidade e que me parece que no futuro vai ser difícil ultrapassar”, afirma. E acrescenta que o pelouro consegue trazer ao Maiact o que de melhor se faz em Portugal, por isso, “se mantivermos, pelo menos é essa a minha pretensão, o Maiact apenas com bandas nacionais, em termos de melhoria será muito difícil porque estamos com o melhor que há”.~

Os Moonspell são repetentes. E o seu regresso deve-se em parte “a uma escolha do público”. É que na edição 2009 a banda de heavy metal foi o espectáculo mais procurado e bateu o recorde de público. Hernâni Ribeiro afirma que, por um lado, a escolha prende-se com o facto de no tipo musical que eles representam e que o pelouro pretende integrar no cartaz, “eles são os mais representativos e são aqueles que chegam a outras franjas de público”. Mas é também verdade que “a qualidade do espectáculo de 2008 e a afluência de público também tiveram a sua influência”. “Sem desprimor para os outros, foi, sem dúvida, o melhor espectáculo”, salienta.

A banda regressa e o seu vocalista, Fernando Ribeiro, esteve presente na apresentação oficial do festival. Estiveram também Paulo Garin, de Slimmi, e Rui Maia e Fernando Sousa, dos X-Wife. O mítico vocalista dos Moonspell, banda que actua no dia 23 de Julho, afirmou ter ficado agradado com o convite para regressar à Maia mas também surpreendido por estar “entre as preferências dos jovens”. Fernando Ribeiro considera que o mais importante é tratar os jovens em toda a sua diferença e em todas as diferentes sensibilidades, por isso, agradece à Câmara da Maia, o facto de organizar um festival “que vai de encontro às diferentes sensibilidades e gostos musicais, bandas que os jovens querem efectivamente ver”.

E para o dia do concerto dos Moonspell, Fernando Ribeiro promete um novo tipo de espectáculo. “O espectáculo é muito mais conseguido, a nível de cenário é uma experiência visual muito diferente, estamos a trabalhar com vídeo, são quase pequenos filmes que se desenrolam enquanto a nossa música lhes serve de banda sonora, vai ter a mesma energia e vai ter uma banda muito mais preparada porque desde o Maiact’08 já estivemos nos EUA, na Europa, em toda a parte e a prática faz a perfeição. Não estou a prometer, estou a garantir que vai ser melhor do que o do ano passado”, afirmou o vocalista. Ingredientes para “voltar a atingir o recorde de ‘bilheteira’”.

Para lá dos concertos…

Para além dos concertos musicais, à semelhança da primeira edição, o Maiact ’09 – Festival integra também o Festival de Danças Urbanas, o Concurso de Bandas de Garagem “MAIACT GARAGE SESSIONS” e o espaço ACTIMAX com inúmeras actividades de desportos radicais, jogos e workshops.

O Festival de Danças Urbanas é um evento que o pelouro da Juventude já realiza há quatro anos e é o segundo que faz parte integrante do Maiact. Nas danças urbanas participam os grupos mais representativos desta expressão artística e desportiva e, este ano, vai contar com a presença de sete grupos

O objectivo do Maiact Garage Sessions é incentivar a produção de projectos da área da música e promovê-los junto do grande público. O concurso pretende premiar o vencedor com um prémio pecuniário e com as honras de abertura do concerto de sexta-feira, dia 24 de Julho, dia de Blasted Mechanism.

No espaço Actimax, entre as 14h00 e as 22h00, os jovens podem passar pela tenda electrónica, por worshops de djs, produção musical e vj, concurso de Dj; tenda Play, PS3, XBOX, Slots SCX; palco urbano com hip-hop, rap, dança, graffiti, parede de escalada, Air Bungee, touro mecânico, pista de trial, balão de ar quente, tiro com arco, insufláveis e muitas coisas mais.

Os números do evento

No ano passado, o festival da Juventude chegou a 30 mil pessoas, divididas entre o espaço Actimax, cerca de oito mil, e os concertos, por onde passaram 24 mil. Os objectivos deste ano passam por consolidar esses números. “Com o cartaz de espectáculos esperamos chegar aos 30 mil, queremos pelo menos cinco noites com lotação esgotada, e ter uma presença dentro dos 10 ou 15 mil no Actimax”.

O Maiact tem um orçamento de 150 mil euros. O principal patrocinador é a REN, no entanto, o vereador da Juventude adianta que ainda poderão surgir outros sponsors.

Na agenda…

O que: Maiact, Festival da Juventude da Maia

Onde: Complexo de Ténis da Maia

Quando: Entre 18 e 25 de Julho

Opções: Espectáculos musicais; Festival de Danças Urbanas; Actimax e “Garage Sessions”

Na Internet: http://www.maiact.net/2009/