Feira do Desporto com cinco estreias

Inauguração Feira do DesportoTermina no sábado a terceira edição da Feira do Desporto, promovida pela Câmara Municipal da Maia. Está a decorrer desde sábado, na Alameda da Granja, em Águas Santas, com a participação de 41 colectividades do concelho.

Estreantes são o Lusitana de Pedrouços, Ases de Família, Centro Social Avioso S. Pedro, o Grupo Motard Os Atrasados e o recém-criado Clube Académico de Pedrouços, com apenas cerca de um mês de existência.

Pelo terceiro ano consecutivo, a autarquia maiata disponibilizou o espaço e os meios técnicos necessários. Grande parte dos stands que compõem a feira está equipado com bar (27 dos 41), permitindo às colectividades presentes gerar algumas receitas durante a feira. E porque há stands localizados em espaços mais apetecíveis, a organização teve de alterar este ano a forma de distribuir as associações. Ao contrário do ano passado, em que se optou pela distribuição por ordem alfabética, para a terceira edição foi feito um sorteio dos locais a ocupar por cada uma das colectividades.

Ouça as declarações de Bragannça Fernandes, no sábado, na inauguração do certame:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O presidente da Câmara da Maia destacou também as características da zona, descrevendo-a como “muito bonita”. Mas, acima de tudo, uma “zona urbana”, acrescentando que a população da zona “gosta muito da Feira do Desporto”. Em parte, pelo programa de animação paralelo. Com muita música. Desde sábado à noite, já passaram pelo palco ali instalado a Orquestra Tropical, Ana Malhoa e a Oficina da Música. Hoje, sobe ao palco ZéZé Fernandes e, amanhã, Alex e Renata Braga. Para sexta-feira está marcado o concerto de José Malhoa e, no sábado, os ritmos dos Canta Brasil. Sempre às 22h00 e com entrada livre.

Durante a semana, a Feira do Desporto está aberta entra as 18h00 e as 24h00, mas no sábado abre mais cedo, assim que forem 15h00.

No ano passado, passaram pela Alameda da Granja cerca de 30 mil pessoas, mas a organização quer superar a procura.

Esta Feira do Desporto permite, sobretudo, “ver o pulsar do concelho” e promover o convívio entre as diversas colectividades existentes no concelho da Maia. As associações “agradecem” e até escrevem à autarquia a demonstrar “essa gratidão”. Ao mesmo tempo, a população fica a conhecer o que existe, podendo isso traduzir-se num aumento do número de associados e de atletas.

Isso mesmo destacou também o vereador do pelouro do Desporto. Nogueira dos Santos disse ser “uma oportunidade para as colectividades demonstrarem aquilo que valem e aquilo que fazem, de poderem angariar mais sócios”. Mas também fazer algum dinheiro que possa contribuir para os seus orçamentos.

Marta Costa