,

Pedrouços com polidesportivo coberto

Foi em Pedrouços que o presidente da Câmara Municipal da Maia inaugurou o 24º polidesportivo do concelho. E foi no sábado, o último dia destinado a inaugurações antes das eleições autárquicas deste domingo. A dar o pontapé de saída estiveram os escalões de formação do Pedrouços Atlético Clube e da Associação Desportiva e Cultural de Teibas.

 

Mas este recinto, em relação aos outros, tem uma particularidade: é coberto. Mas no sábado, na hora da inauguração, ainda faltavam umas telas laterais, contava Bragança Fernandes, na hora do discurso. Ao contrário do 23º, inaugurado há uma semana em Vila Nova da Telha, este já tem balneários. Mas nenhum deles tem ainda iluminação. O edil da Maia considerou que este se trata do polidesportivo “mais bonito” que a Maia tem.

Bragança Fernandes recordou que este equipamento que vai servir a escola EB 2,3 de Pedrouços mas também as colectividades da freguesia e a população. No entanto, “foi conseguida uma permuta do terreno”.

Mas em Pedrouços, onde em 2001 foi lançada a primeira pedra para um pavilhão multiusos, Bragança Fernandes garantiu à população que “a tão esperada” obra não estava esquecida. Aliás, contou aos populares, que marcaram presença na inauguração que “já há uma candidatura do QREN – Quadro de Referência Estratégia Nacional” para a construção de “um mega pavilhão”.

Foi um dia recheado de inaugurações em Pedrouços. Já antes disso, às 10h00, Bragança Fernandes tinha descerrado as placas toponímicas da Rua de Margarida Ferreira de Araújo Guimarães e da Rua do Pedrouços Atlético Clube, ruas envolventes à Escola EB 2,3 de Pedrouços. Às famílias que cederam terrenos ou aceitaram fazer permutas, o autarca agradeceu. O edil da Maia recordou os novos arruamentos eram fundamentais porque a rua Amélia Moutinho Alves está “completamente saturada e tem que ser desviado o trânsito, tem que ser só um sentido”, explicou. Mas a empreitada ainda não está concluída. Bragança Fernandes sublinha que ainda falta concluir a rotunda na General Humberto Delgado. “Só não o fizemos porque a outra parte é de uma senhora com quem estamos com dificuldade em negociar mas vamos conseguir e dar mais dignidade aqueles arruamentos”.

A próxima etapa, “que deve acontecer nos próximos dias”, é fazer um arruamento que falta para ligar ao empreendimento de habitação social. “As pessoas podem estar descansadas porque vai ser construído mais um arruamento”. No próximo mandato, garante o autarca, pretende “dar continuidade da Nossa Senhora da Natividade até à rua dr. António dos Santos”. “Este é, de facto, um dos grandes objectivos”, afirmou. Certo é que em arruamentos, em Pedrouços, já foram gastos mais de 500 mil euros.

Depois do Polidesportivo, ainda em Pedrouços, foi inaugurado o Parque Urbano dos Amores.

Isabel Fernandes Moreira