Utilizaram documentos falsos para recorrer a empréstimos

No âmbito de uma operação de combate ao crime de burla e falsificação de documentos, foram identificados e constituídos arguidos cinco indivíduos, quatro homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 30 e os 55 anos de idade, residentes no Porto e na Maia. É um caso que estava a ser investigado desde 2008 pela Divisão de Investigação Criminal da PSP do Porto.

As detenções ocorreram no seguimento de quatro buscas domiciliárias, realizadas esta quarta-feira. Foi ainda apreendido diverso equipamento informático e documentação falsa. De acordo com o comunicado da PSP, os cinco arguidos recorriam à utilização de procurações que obtinham junto de indivíduos indigentes e ligados à toxicodependência, e utilizavam os seus nomes e documentos falsos para realizarem vários actos jurídicos para aquisição de bens. Recorrendo a empréstimos fraudulentos junto de instituições bancárias, adquiriram vários imóveis e viaturas, o que corresponde a um prejuízo superior a 270 mil euros.

PSP recupera viatura roubada por carjacking

A PSP deteve dois dos cinco indivíduos que estiveram envolvidos num aparatoso acidente, na madrugada de quarta-feira, na Rua Rodrigo Gonçalves Lage, em Águas Santas, após terem roubado uma viatura de alta cilindrada, por carjacking. Os dois detidos, são estudantes, residentes na Maia, com 16 e 19 anos de idade.

A viatura tinha sido furtada a um casal, horas antes, sob a ameaça de arma de fogo, na Rua Padre António, no centro da Maia. A detenção dos dois jovens aconteceu após embaterem em várias viaturas, na tentativa de escaparem à perseguição policial. No último embate, acabaram por ficar cercados à entrada das garagens de uma urbanização. Três dos elementos que seguiam na viatura acabaram por conseguir fugir. Os dois indivíduos detidos, tinham na sua posse uma arma de calibre 8 mm, que foi apreendida e diversas peças de vestuário.

FA