Metro: Transdev apresenta providência cautelar

O consórcio liderado pela Transdev, que perdeu o concurso para a subconcessão da operação e manutenção da empresa Metro do Porto, apresentou uma providência cautelar com o objectivo de suspender o concurso, alegando que "está enfermado de várias irregularidades", adianta a Lusa.

"O agrupamento liderado pela Transdev apresentou uma providência cautelar ao Tribunal Administrativo e Fiscal do Porto, pedindo a suspensão do concurso até que seja julgada a acção principal que vai apresentar", disse à Lusa, o administrador da francesa Transdev.