Ficaram sem carro à porta de casa


Duas mulheres residentes em Gueifães, ficaram sem a viatura em que se faziam transportar, e alguns bens pessoais, na madrugada de segunda-feira. As duas vítimas, que se encontravam no interior de um Audi A3 estacionado à porta de casa, na Rua Sá e Melo, em Gueifães, foram abordadas por cinco indivíduos, por volta das 02h30. De acordo com fonte da PSP da Maia, que foi chamada ao local, os indivíduos do sexo masculino e com idades entre os 16 e os 20 anos, começaram por injuriar as vítimas, manietaram-nas e levaram a viatura de alta cilindrada, com a chave na ignição. De acordo com a mesma fonte, os indivíduos não estavam armados.

Para além do carro, as vítimas ficaram sem as carteiras que continham dinheiro e uma máquina fotográfica, entre outros objectos pessoais.

Em pânico, as duas senhoras começaram aos gritos, alertando os moradores da zona que vieram às janelas ver o que se passava. Um dos moradores, o único que acabou por socorrer as vítimas do assalto, diz que ainda viu um dos assaltantes à volta do carro e uma das senhoras atrás dele. Já dentro do carro, arrancaram em alta velocidade. A testemunha, que prefere ficar no anonimato, diz ainda que as senhoras estavam em estado de choque. Uma delas, tinha a roupa rasgada, e a outra, os óculos partidos.
Aparentavam ter idades entre os 40 e os 50 anos.

FA