Vulcão islândes ‘rouba’ tráfego ao aeroporto do Porto


Os aeroportos nacionais registaram uma descida significativa no número de passageiros transportados no mês passado por causa do cancelamento de voos.

O tráfego aéreo estava a recuperar da crise económica, mas o vulcão islandês acentou a queda. Em Abril, a ANA registou uma queda de 8,6 por cento, em comparação com o mesmo período do ano anterior, justificada pelo cancelamento de quase 2000 voos.

A causa está no elevado número de voos cancelados entre 15 e 22 de Abril causados pela nuvem de cinzas vulcânicas que afectou o espaço aéreo europeu”, refere a ANA em comunicado.

Nesse período, foram anuladas 1939 ligações, sendo que o aeroporto de Lisboa foi o mais penalizado, com 821 cancelamentos. O aeroporto de Faro (637), o aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, (346) e o aeroporto de Ponta Delgada (14) ficaram logo a seguir. No aeroporto da Madeira foram cancelados 121 voos.

Apesar desta circunstância, o tráfego comercial de passageiros continua em tendência crescente. Entre Janeiro a Abril deste ano subiu 2,9 por cento.