Nogueira: Inaugurações suspensas até à festa (vídeo)

O Monte da Senhora da Hora, em Nogueira, já tem um bar / esplanada. Chama-se “Café Suspenso” e foi inaugurado no sábado à tarde, já em plena festa em Honra de Nossa Senhora da Hora. Suspensas estavam também as inaugurações que se antecederam. Falamos da requalificação da zona envolvente do cemitério e da beneficiação do adro da igreja. As duas obras já estavam prontas no ano passado, mas o presidente da junta pediu à Câmara da Maia o adiamento do acto para não o confundirem com campanha para as eleições autárquicas.

Por iniciativa da Junta de Freguesia de Nogueira da Maia, a zona em redor da igreja ganhou um novo ar. O paralelo “à moda antiga”, como lhe chamou o presidente, Ilídio Carneiro, deu lugar a um novo pavimento em granito, decorado com novos candeeiros. Na mesma zona, foi criado um acesso para deficientes à capela mortuária. Tudo isto custou à junta cerca de 62 mil euros, a somar aos 60 mil investidos na requalificação da envolvente ao cemitério, mas comparticipadas pela câmara.

Cerca de uma hora depois de terem desfilado as canastras floridas até à Capela do Monte da Senhora da Hora, seguiu também a pé a comitiva que assistiu a estas duas inaugurações. Lá em cima, esperava-os um novo espaço, criado para dinamizar a zona e cujo custo deverá rondar os 80 mil euros, não estando neste caso definida ainda a comparticipação da câmara. Com vista rasgada a poente, cores neutras, transparências e fotografias da zona que garantem a perfeita integração na paisagem, nasceu o denominado “Café Suspenso”, uma obra que o presidente da câmara, Bragança Fernandes, classificou de “belíssima obra de arte” e que começou a funcionar para o público logo de seguida.

A seguir, o adro

Para 2011, Ilídio Carneiro pediu ao presidente da câmara ajuda para beneficiar também o adro da igreja, “que deixou de estar muito de acordo com a qualidade que implementámos à volta da igreja”. Embora reconhecendo o autarca da freguesia que sem o apoio e vontade do edil maiato “não haveria, com certeza, estas obras”, que mais não visam do que “beneficiar a população de Nogueira”. Também a pensar na comunidade, o presidente da junta reiterou ser “necessário, a muito breve prazo, fazer aqui um parque infantil”, até ao final de Junho, acrescentando a criação de um circuito de manutenção, de preferência, até ao final do ano. Porque seria “uma forma de trazermos gente para o nosso monte, que é muito bonito”, justificou Ilídio Carneiro, e que “precisa trazer gente cá para cima”.

Já depois de feitos os pedidos, o presidente da Câmara da Maia optou por destacar obras já realizadas na freguesia, como a recuperação da Escola do Monte Calvário, onde foram criadas duas novas salas de aula. Além destes 500 mil euros, serão investidos mais 250 mil euros para requalificar a Escola do Barroso. Bragança Fernandes anunciou ainda que o presidente da junta “vai ter, durante este mandato, o centro de dia” tão desejado em Nogueira. Da junta, como da câmara, o local pensado para esta valência é um terreno junto ao Pavilhão Polivalente de Nogueira, junto à creche / infantário, de forma a articular as duas gerações.

Marta Costa