“LS2” com Autora de “Lua de Joana” (vídeo)


Está a decorrer durante o mês de Maio a terceira edição do projecto Leituras, Sentidos e Saberes, este ano dedicado a Maria Teresa Maia Gonzalez, uma das mais conhecidas escritoras de livros para crianças.

Leituras, Sentidos e Saberes é um projecto cultural que pretende dar a conhecer a vida e obra de escritores nacionais à Comunidade Escolar Maiata. Os escritores Matilde Rosa Araújo e Manuel António Pina também já participaram no evento, em edições anteriores.

A Biblioteca Municipal Doutor José Vieira de Carvalho está a ser palco de uma exposição de trabalhos, que resultaram da leitura e interpretação da obra de Maria Teresa Maia Gonzalez, durante todo o mês de Maio. Esta semana realizaram-se diferentes encenações de obras da escritora por parte de várias escolas do concelho, no Auditório Municipal Venepor.

O maior sucesso editorial da escritora foi A Lua de Joana, contando também com Gaspar & Mariana, A Fonte dos Segredos, O Guarda da Praia, O Incendiário Misterioso, Histórias com Jesus, A Cruz Vazia. É autora da colecção Profissão: Adolescente, que teve 26 títulos publicados e registou mais de 300 mil exemplares e co-autora da Colecção “O Clube das Chaves”, com Maria do Rosário Pedreira, de que se publicaram 21 volumes, a maioria dos quais com várias edições.

“A preocupação desta iniciativa é descobrir um escritor e a sua escrita, para que as leituras se desdobrem em imensos sentidos, tantos quantos os leitores forem capazes de descobrir e sirvam para a construção de novos saberes”, afirma Suzana Sousa e Silva, responsável da Biblioteca da Maia. Acrescentou ainda que nesta iniciativa “todas as crianças e jovens que participam lêem uma obra, escolhem a sua preferida e cada um vai interpretar através do desenho, da escultura, da pintura, da música a sua obre preferida e isto resulta na exposição que está patente nos dois pisos da Biblioteca Municipal Doutor José Vieira de Carvalho”.

O projecto tem como protagonistas os leitores e envolve todos os profissionais da Biblioteca Municipal, os professores bibliotecários e toda a comunidade educativa. A iniciativa começa na aquisição dos livros, seguida do tratamento técnico de disponibilização às escolas e do serviço de extensão cultural que teve o seu auge de actuação esta semana, porque fez a ligação com a comunidade.