Seniores maiatos querem ainda mais Férias Desportivas (vídeo)

O Parque de Avioso recebeu, na quarta-feira, o primeiro piquenique dos participantes na 13ª edição das Férias Desportivas Seniores, promovidas pelo Departamento Desportivo da Câmara da Maia. A iniciativa proporciona à população sénior a possibilidade de, durante uma semana, irem à praia e praticarem algum exercício físico. Este ano, estão inscritos 400 seniores, que serão divididos por grupos, ao longo do mês de Julho.

Emília Teixeira é já veterana nas férias desportivas. Há 10 anos que participa no programa de férias e, ao longo deste tempo, já fez várias amizades. Aliás, o convívio é, para os participantes, um dos aspectos mais positivos da iniciativa. Para Manuel dos Santos e Maria Izilda, marido e mulher, este é o segundo ano de férias desportivas. “Infelizmente”, dizem, lamentando não terem tido conhecimento da iniciativa, mais cedo. “Tive conhecimento através da família e vizinhos. Fui logo inscrever-me. Só tenho pena de ter pouco tempo para gozar esta coisa tão boa. Só tenho de agradecer ao nosso presidente. Conheço pessoas que lamentam de, na terra delas, não darem aquilo que ele tem dado a nós”, referia Maria Izilda, que aproveitou ainda para pedir a Bragança Fernandes o alargamento, para duas semanas, do tempo de participação de cada grupo.
“Se a saúde nos ajudar, nunca mais vamos desistir. Porque para além de fazer bem à saúde, fazemos mais amigos”, acrescentava o marido, Manuel dos Santos.

O presidente da Câmara da Maia esteve no Parque de Avioso durante o piquenique. E perante os insistentes pedidos dos seniores para alargar o tempo de participação nas férias desportivas, Bragança Fernandes prometeu que vai analisar a ideia. “Vamos pensar nisso. Enquanto eu for presidente de câmara, com certeza que isto não vai acabar. Se possível, vamos melhorar para que eles tenham mais qualidade de vida, porque já trabalharam o suficiente, e do que precisam é de paz e sossego”.

Se a disponibilidade financeira da autarquia o permitir, no próximo ano cada grupo de seniores poderá ter 15 dias de férias desportivas, em vez de uma semana. Outra das possibilidades, será aumentar o número de inscritos. Bragança Fernandes garantiu ainda que, apesar de esta ser uma época de cortes, a autarquia continuará a apostar na área social.

Fernanda Alves