Assim se estaciona nos passeios da Maia

Na Maia não faltam passeios amplos e com rampas de acesso, com o objectivo de facilitar a movimentação dos cidadãos, com mais ou menos mobilidade. Tudo muito bem, se não fosse o facto de, estes mesmos passeios serem utilizados para estacionar os carros. Este é um cenário frequente na Maia, e que não tem sido alvo da fiscalização devida.

Este é apenas um dos exemplos da falta de civismo de alguns condutores. Na Rua do Viso, esta segunda-feira, para além das viaturas estacionadas em frente ao portão das garagens, que mesmo sendo, provavelmente, dos moradores, não deixam de estar em infracção, o pouco espaço livre que restava no passeio estava ocupado por mais uma viatura… à sombra da árvore. Sem espaço para circular no passeio, os peões eram obrigados a ir para a rua, sendo que parte dela já estava ocupada com estacionamento indevido.
É caso para dizer “Sorria, está na Maia”.

4 respostas
  1. José Faria
    José Faria says:

    É verdade, só é cego quem não quer ver.
    Deve ser o carrito de algum operário que foi ali fazer um bescatito para ganhar p´rá sopa. Nestes casos a polícia faz de conta que não vê.

  2. Pedro
    Pedro says:

    na Rua Augusto Simões entao…. são dezenas por semana que vejo todos os dias… mas a polícia só nao está onde deveria!
    Enfim….

  3. Vera
    Vera says:

    Na Rua Adelino Amaro da Costa tambem….todos os dias nos passeios e passadeiras.E a policia???Quando finalmente passa não faz nada.Enfim….

  4. j´.pedro
    j´.pedro says:

    e pena na maia os fiscais de transito da em nao poderem altuar como a emel em lisboa ja que a policia e a municipal entao nao faz nada ao menos punham ordem no transito

Os comentários estão fechados.