Hallowen na Escola EB 1 da Pícua

Esta sexta-feira celebra-se o Dia das Bruxas ou Halloween. A data vai ser assinalada na Escola EB1 da Pícua, em Águas Santas, com duas actividades organizadas pela primeira vez, pelo Gabinete de Saúde da Câmara Municipal da Maia.
A primeira está marcada para as 10h30, e consistirá na distribuição de cinco tangrans, com imagens alusivas ao Halloween. Cada turma terá de procurar noutras salas as peças que faltam para completarem o seu tangran (figuras geométricas). “Porque a partilha está inerente ao Halloween, queremos trabalhar isso no contexto escolar. Por isso, cada turma vai ter um baú com tangrans que terão de completar, procurando as peças que faltam entre os colegas de outras turmas. Isto, apelando ao espírito de grupo, de partilha e para que todos trabalhem para um objectivo comum que é a construção do tangran”, explica Nair Rocha, coordenadora do Gabinete de Saúde.

No período da tarde, entre as 13h30 e as 15h00, os alunos vão poder ver e participar na dramatização da lenda de Halloween. Todos eles vão fazer uma incursão por todos os cenários da lenda – aldeia, torre, cemitério e floresta, em quatro salas. “Os alunos terão um papel activo. As crianças vão usar um chapéu alusivo aos diferentes cenários. Na floresta vão levar máscaras de gatos, onde será simulado um lanche convívio à volta da fogueira. No final, levarão para casa uma acendalha, porque como conta a lenda, será essa acendalha que protegerá a casa dos maus espíritos no resto do ano”, explica Lígia Santos, responsável pela dramatização.

No final, os participantes e protagonistas da peça juntam-se num lanche “sangrento” e saudável. Num dia em que as doçuras são uma constante, pretende-se promover hábitos alimentares mais saudáveis, sem deixar de lado a diversão. “A iniciativa procura incutir nas crianças que a doçura e travessura pode ser substituída por alimentos e brincadeiras, como neste caso, o lanche saudável e o tangran”, sublinha Nair Rocha. O lanche consistirá em “sumo de sangue de vampiro e bolachas de abóbora podre com pêlos de bruxa”.

FA