Oferta de emprego e procura de voluntários

Mais de cem entidades estão presentes na 6ª Feira das Oportunidades, que hoje abriu as portas, no parque Central da Maia. Estão ligadas ao emprego, ao ensino e formação e ao empreendedorismo. Escolas, universidades, centros de formação e institutos de línguas, mas também estruturas partidárias, forças de segurança – como a PSP e a GNR – Força Aérea Portuguesa, Exército e Marinha. E ainda entidades ligadas à banca, para quem optar por criar uma empresa, por exemplo.

Para a vertente do emprego, a Câmara da Maia tem apostado nas empresas de recursos humanos e este ano foram mais as que disseram “sim” a uma presença na feira. O vereador da Juventude na autarquia, Hernâni Ribeiro, chamou ainda a atenção para a necessidade de adequar a oferta formativa ao mercado de trabalho:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Paralelamente, e como tem sido hábito, decorre a Mostra Social da Maia 2011, que se associa ao Ano Europeu das Actividades Voluntárias que promovam uma Cidadania Activa. Além da Rede Social da Maia estão ali representadas muitas das entidades que reúne. Praticamente todas funcionam, em parte, graças ao voluntariado. E é para que mais pessoas se disponham a ajudar o próximo que a Câmara da Maia quer divulgar o trabalho das instituições. Sobretudo neste momento de maiores dificuldades, explicou a vereadora da Acção Social, Ana Miguel Vieira de Carvalho:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Sobre a Feira das Oportunidades, defendeu a vereadora que é preciso olhar para o mercado de trabalho e ver em que áreas apostar no futuro. Disse-o Ana Miguel depois de passar por um stand onde estavam representadas “áreas que se estão a perder” e que não têm captado grande interesse por parte de quem procura emprego. Conclui a responsável pela Acção Social que “o caminho depende de cada um de nós”.

A Feira das Oportunidades e a Mostra Social da Maia 2011 prolongam-se até sábado, no Parque Central da Maia. Sempre entre as 14h00 e as 23h00.

Além dos stands, há demonstrações a cargo das entidades representadas, como a presença, até às 19h00, da patrulha de cavalaria da GNR ou a vertente de cinotecnia da PSP.

Mas também animação. Hoje, às 21h00, com o pop-rock dos Alter-Ego. Uma hora depois, sobem ao palco os Move Your Soul, na área do hip-hop.

Marta Costa