,

Isabel Alçada visitou as escolas secundárias da Maia e Águas Santas

A ministra da Educação passou pela Maia na passada sexta-feira para visitar duas escolas secundárias que foram requalificadas pela Parque Escolar – Entidade Pública Empresarial.

Isabel Alçada começou pela Escola Secundária da Maia, que implicou um investimento de 18 milhões de euros. E depois, visitou a Escola Secundária de Águas Santas, onde foram investidos 15 milhões de euros.

Dotar a educação de escolas para o século XXI tem sido a aposta do Governo que, segundo a ministra da Educação, já está a dar resultados em termos de sucesso escolar. “Já temos resultados da mudança que tem sido imprimida no nosso país. Este ano, no estudo que compara os resultados dos países, verificou-se que o nosso país atingiu a média da OCDE na leitura, foi o quarto país que mais melhorou em Matemática, foi o segundo país que mais melhorou em ciências”, referiu Isabel Alçada. “Tem havido um progresso muito grande na educação, e esta escola secundária é uma de 90 que já estão concluídas, num processo destinado a que as escolas adquiram as condições que são indispensáveis para educar bem no século XXI”, acrescentou a ministra da educação.

A escola está lindíssima, está com umas óptimas condições. Os miúdos adoram”, afirma Helena Fonseca, directora da Escola Secundária da Maia. Os alunos receberam com agrado a visita da ministra/escritora. Houve até quem não perdesse a oportunidade de pedir um autógrafo.

A secundária da Maia passa a ter uma capacidade de 58 turmas do ensino diurno, e um total de 1500 alunos.

Desde o arranque do programa de modernização das escolas do ensino secundário, em 2007, a Parque Escolar já requalificou 90 escolas do ensino secundário. O investimento executado até ao final de 2010 atingiu os 1300 milhões de euros. O programa prevê a intervenção em 370 escolas. Actualmente, a Parque Escolar está a desenvolver intervenções em 77 escolas, em 41 escolas decorre a fase de concurso e cinco escolas estão em fase de projecto ou em concurso de projecto.

O que foi feito nas duas escolas

Tendo atingido o ponto de sobrelotação na década de 90, a Escola Secundária da Maia está agora totalmente transfigurada.

A par da melhoria das condições de uso, de gestão e de manutenção, foram construídos novos edifícios onde funcionam a biblioteca, auditório, cantina, laboratórios, salas TIC, salas de desenho e salas de aula normal. Os edifícios existentes foram remodelados, assim como os espaços exteriores da escolas, e foi construído um novo campo de jogos coberto que está dotado de instalações de apoio (balneários, vestiários e espaços de apoio).

Na Escola Secundária de Águas Santas, a intervenção da Parque Escolar passou pela construção de dois novos edifícios – um para instalação de todas as salas do 2º ciclo do ensino básico, e outro destinado às áreas administrativas, salas TIC, laboratórios, áreas sociais, sala polivalente e espaços para abertura da escola à comunidade. Foi ainda construído um ginásio com balneários, vestiários e espaços de apoio. E foram remodelados os edifícios existentes e os espaços exteriores das escolas, nomeadamente as zonas de lazer e desportivas. A capacidade prevista é de 73 turmas.

Fernanda Alves