Condição de treinador analisada em congresso de futebol no ISMAI

Os treinadores Augusto Inácio, José Peseiro e Rui Vitória foram os convidados do último painel do 7.º Congresso Internacional de Futebol do Instituto Superior da Maia.

O encontro de profissionais e estudantes da modalidade decorreu esta semana e alguns dos temas discutidos foram as técnicas para aumentar o potencial dos jogadores e o papel do treinador enquanto gestor de mentalidades e emoções.

João Aroso, preparador físico, revelou algumas das estratégias adoptadas na selecção nacional de forma a realizar um trabalho de alto nível com os diversos jogadores e confessou a dificuldade que é gerir várias formas de jogar e condensar numa estratégia específica para as competições.

O moderador da mesa foi Hugo Gilberto, jornalista da RTP, que colocou as questões aos vários convidados que já passaram por situações na carreira importantes para comentar sobre a gestão das emoções de uma equipa.

Após a conferência, o treinador do Paços de Ferreira, Rui Vitória, garantiu que estes debates são importantes para a melhoria do futebol e “deve fazer parte integrante da formação de qualquer treinador passar pela experiencia de ouvir coisas novas como também de mostrar aquilo que vai fazendo.”

O técnico afirmou que tem “essa responsabilidade como também temos a responsabilidade de participar como ouvintes porque o futebol está em constante mutação.” Ainda confirmou a renovação de contrato com o clube como reconhecimento do trabalho desenvolvido, mas salientou os problemas económicos da equipa.