Alunos especialistas em segurança alimentar

O laboratório foi hoje à Escola EB 1 e Jardim de Infância (JI) de Pedras Rubras. Foi mais uma etapa do projecto “De pequenino se torce o pepino”, resultado de uma parceria entre a Câmara Municipal da Maia e a Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica do Porto.

Por se entender que, “melhor do que eles lerem, é mexer para perceber”, considera Nair Rocha, coordenadora do Gabinete de Saúde da autarquia maiata, os alunos tiveram a oportunidade de participar activamente em diversas experiências relacionadas com a higiene e a segurança alimentar. Para melhor interiorizarem as mensagens.

As temáticas foram abordadas na escola, ao longo do ano lectivo que ainda decorre. Neste âmbito, 575 crianças já tiveram hipótese de ir à Universidade Católica, para trabalharam nos laboratórios e realizarem as experiências que hoje passaram pela escola. Neste caso, para um grupo de apenas 175 alunos, desde o pré-escolar ao quarto ano de escolaridade.

Ver um micróbio ao microscópio, perceber com que textura e características fica a água misturada com farinha e aprender como criar bolinhas de sumo dentro de um recipiente de água, sem que os líquidos se misturem. Estes são exemplos do que as crianças de Pedras Rubras puderam fazer na escola, com a ajuda de um engenheiro da Escola Superior de Biotecnologia.

E porque o objectivo era alertá-los para as questões da segurança alimentar, a iniciativa “O laboratório vai à escola” contemplou a exibição de um vídeo sobre a forma correcta de preparar os alimentos, para evitar que fiquem com micróbios, sobre os hábitos de higiene a ter diariamente e sobre a atenção que deve ser dada ao prazo de validade dos alimentos.

Nair Rocha ficou surpreendida com o valor que as crianças deram a este vídeo:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A segurança alimentar foi também o tema do concurso de quadras que está a decorrer nas escolas do concelho abrangidas pelo projecto “De pequenino se torce o pepino. Os vencedores são divulgados a 8 de Junho, a propósito da Gala de Saúde Escolar.

Marta Costa