A Maia está a ficar uma cidade mais amiga dos idosos

Em Outubro do ano passado, a Maia tornou-se na sétima cidade do país a aderir ao projecto “Vencer o Tempo nas 7 cidades” da Associação para a Educação e Prevenção da Saúde – Vencer o Tempo. O protocolo então assinado estabelecia um prazo de dois anos para a Câmara da Maia encontrar soluções e promover actividades que contribuam para a melhoria da mobilidade e qualidade de vida dos idosos.
Recentemente, jovens voluntários de três escolas secundárias aderiram a um projecto que tem como objectivo a promoção de relações inter-geracionais. Ou seja, cada jovem voluntário passou a ter a seu cargo, nos próximos dois anos, um amigo sénior.

Tantos os jovens como os seniores envolvidos no projecto foram alvo de uma formação. E de acordo com a vereadora da acção social, a junção das duas gerações “está a correr muito bem”. Cada um dos jovens tem algumas “obrigações” a cumprir. Como, contactar o seu amigo sénior por telefone, duas vezes por semana, e a encontrar-se com ele, de 15 em 15 dias. “Podem levá-los às compras ou a algum local que precisem de ir, ou simplesmente, darem uns passeios e conviverem uns com os outros”, explica Ana Miguel Vieira de Carvalho.

Para a vereadora da acção social, esta é uma forma de sensibilizar os jovens a encararem os idosos como pessoas válidas e com uma maior experiência de vida.
“É importante a participação deles, no sentido de eliminar alguns preconceitos, de aproximar as gerações, e que possamos no futuro de perceber a importância que a população sénior tem nas nossas cidades. Temos de aproveitar aquilo que eles têm para nos oferecer”, sublinha.

O projecto tem uma duração de dois anos, mas Ana Miguel Vieira de Carvalho admite a possibilidade de dar continuidade a este trabalho de voluntariado.
De resto, no sentido de melhorar a mobilidade na cidade, não só dos idosos, mas de todos os cidadãos com mobilidade reduzida, já foram dadas indicações para a necessidade de serem corrigidas algumas situações. Algum desse trabalho resulta da implementação do Conselho Municipal do Cidadão com Deficiência. “Temos já dado algumas sugestões no sentido de que, algumas obras que a câmara está a prever realizar, se faça as devidas correcções em termos de acessibilidades. Temos levado ao conhecimento dos vereadores que tutelam a área do espaço público, as nossas preocupações para que esse trabalho seja articulado”, refere a responsável pelo pelouro da acção social.

Ao cumprir os objectivos do projecto “Vencer o Tempo nas 7 Cidades”, a Maia estará a candidatar-se à certificação “Cidade Amiga dos Idosos” da Organização Mundial de Saúde.

Fernanda Alves

2 respostas
  1. Primeira Mao
    Primeira Mao says:

    Olá Francelina, para poder receber todas as notícias de Primeira Mão poderá subscrever o seu envio por correio electrónico. Pode fazê-lo colocando – e depois confirmando – o seu email onde diz: Subscrever por email.

Os comentários estão fechados.