Embaixador da Sérvia visitou a Maia

O embaixador da República Sérvia em Portugal, Mirko Stefanovic e o Cônsul Honorário, Simão Matos, estiveram esta semana na Câmara Municipal da Maia. O vereador responsável pelas Relações Internacionais da Câmara Municipal da Maia, Paulo Ramalho, adianta que a visita surgiu na sequência da “vontade dos responsáveis diplomáticos da Sérvia pretenderem conhecer melhor as potencialidades do território da Maia, designadamente a nível económico e empresarial”.

A deslocação da Delegação da Sérvia começou com uma visita ao Tecmaia, onde foram recebidos pelo Director-Geral da empresa, António Tavares, e pelo Vereador Paulo Ramalho, os quais fizeram uma apresentação não só do Parque de Ciência e Tecnologia da Maia, como também das características sócio-económicas do território do Município, das suas infra-estruturas, das zonas industriais, bem como do seu tecido empresarial.

O responsável pela embaixada Sérvia destacou as oportunidades e benefícios que o seu país oferece aos empresários estrangeiros que pretendam realizar investimentos no seu território, tendo sublinhado que a Sérvia poderá permitir um acesso privilegiado para as empresas portuguesas aos mercados dos estados da antiga Jugoslávia, bem como ao grande mercado da Rússia, da mesma forma que Portugal poderá constituir um acesso privilegiado para a Sérvia e suas empresas aos mercados do Brasil, Angola e Moçambique.
A visita da Delegação Sérvia terminou com uma recepção oficial nos Paços do Concelho, onde o presidente da câmara, Bragança Fernandes, e o vereador Paulo Ramalho, abordaram diversas possibilidades de cooperação futura entre a Maia e a embaixada da Sérvia em Portugal.

Paulo Ramalho destacou “a importância das acções de diplomacia económica nos dias de hoje e o cuidado que a nossa câmara lhes confere, sendo que neste caso concreto, ficou desde já assumida a vontade conjunta da Câmara Municipal da Maia e da Embaixada da Sérvia, promoverem acções de cooperação, que se poderão concretizar desde já num primeiro evento destinado a divulgar junto dos empresários da Maia as potencialidades do mercado da Sérvia e, designadamente, as oportunidades de investimento que este território da ex-Jugoslávia nesta altura oferece”.

1 responder

Os comentários estão fechados.