Maia, Cidade em Performance assinala arranque do CENTR’ARTE – Centro Metropolitano de Arte Contemporânea

“Maia, Cidade em Performance” é o nome da exposição interdisciplinar de artes que regressa este sábado às instalações do Fórum da Maia. Trata-se da segunda edição do evento. Tem a participação de 20 autores (nove dos quais residentes no concelho da Maia) e aborda diversas áreas da criatividade (ciberart, pintura, escultura, fotografia, ilustração, desenho, graffiti, instalação e performance).

Este ano a abertura da exposição significa igualmente o início de actividade do CENTR’ARTE – Centro Metropolitano de Arte Contemporânea. Este é um espaço de exposição, de exibição, divulgação, de reflexão, de documentação, de criação e de venda de Arte Contemporânea.
O CENTR’ARTE funciona numa lógica de produção/actividades contínuas e para além dos aspectos eminentemente culturais pretende afirmar-se como um Centro com valia económica intrínseca não só para os produtores mas também para o próprio município.

arte

A autarquia garante que o projecto “não pretende competir com qualquer outra instituição a operar na comunidade mas sim funcionar em seu complemento, oferecendo quer ao público quer aos criadores/artistas algumas possibilidades que as mesmas não oferecem, das quais se destacam o facto de poder ser um verdadeiro “espaço de apropriação” pública quanto às dinâmicas específicas do seu próprio funcionamento”.

A “Maia, Cidade em Performance” decorre de 14 de Julho a 9 de Setembro.

Maia, Cidade em Performance

Artistas

André Silva

Cabidela Ninjas

Celeste Cerqueira

Dalila Gonçalves

Fernando Almeida

Fernando Sebastião

Gil Madeira

João Martinho Moura

Márcio Paranhos

Miguel Ministro

Nélson Duarte

Ora Viva (André Rainha, Daniel Assunção e João Soares)

Pedro Barbosa

Pedro Constantino

Pedro Sequeira

Renato Lainho

Silvestre Pestana

Vítor Israel

Horário visita: terça a sexta: 10h00 – 19h00, sábado: 15h00 – 19h00