PSD e CDS assinaram coligação “Sempre pela Maia”

1010638_156058634579278_317042535_n

As distritais do Porto do PSD e do CDS assinaram, na sexta-feira à tarde, o acordo de coligação entre os dois partidos para o Município da Maia, nas eleições autárquicas de 29 de Setembro. O documento foi assinado pelos presidentes do PSD Porto, Virgílio Macedo e do CDS, Álvaro Castelo Branco e testemunhado pelos líderes das concelhias da Maia do PSD, Bragança Fernandes e do CSD, José Eduardo Azevedo.

Sob o lema, “Sempre pela Maia”, o cabeça-de-lista é Bragança Fernandes, que concorre ao terceiro mandato. Um nome bem aceite pelos dois partidos que consideram tratar-se do “exemplo perfeito de autarca de referência”. A expressão foi usada pelos responsáveis dos dois partidos.

“A prioridade dadas às questões sociais”, neste mandato, e o “rigor das contas públicas” foram mais duas expressões que marcaram as intervenções feitas pelos dois partidos na cerimónia de assinatura do acordo e que “convenceram” o CDS a recuperar uma coligação que o líder distrital do PSD considerou “histórica”.

O candidato e presidente da concelhia da Maia do PSD acredita que os dois partidos juntos poderão reforçar a maioria conseguida em 2009. “Todos juntos, somos mais, e a união faz a força e é isso que estamos a tentar fazer. Com os votos do PP seremos mais fortes”, sublinha. Bragança Fernandes acrescenta ainda que os maiatos o conhecem bem. “Sabem que sou um homem de palavra, um homem de trabalho, sabem que eu estou permanentemente com as portas abertas para os receber, faço tudo o que sei e que posso pelos maiatos. Dei um quarto da minha vida ao serviço da Maia”.

Há quatro anos, os dois partidos concorreram cada um por si. O presidente da concelhia do CDS, José Eduardo Azevedo, diz que os dois partidos mudaram, durante este período de tempo, e que o CDS quer seguir o rumo seguido por Bragança Fernandes. “Queremos também tentar melhorar os resultados obtidos por parte do PSD enquanto candidatura isolada e assim ganhar uma maior representatividade autárquica”.

Há quatro anos, sozinho, o PSD elegeu oito elementos. Este ano, Bragança Fernandes aposta. novamente na maioria e acredita que vai eleger o nono vereador. A acontecer, o nono vereador será do CDS e será uma senhora, cujo nome José Eduardo Azevedo preferiu não adiantar.

O nome será então conhecido no dia 30 de Junho, data escolhida pela coligação “Sempre pela Maia”, para fazer a apresentação pública dos candidatos aos órgãos autárquicos do município da Maia. A sessão está marcada para as 18h30, no Jardim do Parque Central da Maia.