Teatro ‘made in Maia’

Teatro Oficina Pé no Charco

A Primavera do Teatro já atingiu a 10ª edição e decorreu de 22 a 26 de março, no Grande Auditório do Fórum da Maia.

A organização foi, como é habitual, da câmara municipal e do Teatro Art’Imagem, tornando a Maia um palco privilegiado de arte e das comemorações do Dia Mundial do Teatro, celebrado a 27 de março.

A Mostra Primavera do Teatro inseriu também o projeto “Maia ao Palco – VII Mostra de Teatro de Amadores da Maia”. Com este evento pretendeu-se valorizar e dar a conhecer ao maior número de pessoas o mérito cultural das associações do município. É-lhes dada a possibilidade de apresentarem as suas peças ao mesmo tempo que são incentivadas ao intercâmbio artístico e associativo.

O projeto “Maia ao Placo” coloca em aberto um espaço de confronto de experiências artísticas, que visa a melhoria da qualidade das peças e o fomento do espírito crítico, com o objetivo último de alargar a oferta cultural do concelho da Maia.

Os palcos privilegiados foram os do Auditório da Quinta da Caverneira e do Grande Auditório do Fórum da Maia, que se encheram de vida à tarde e à noite com as peças ‘made in Maia’. Tudo começou com “O Cinema vai ao Teatro”, prosseguindo com: Oficina de Teatro Sénior “Aula Aberta”; “O Zé paga a Crise” pelo  Grupo Dramático e Recreativo Flor de Pedrouços; “O Palhaço”; CAST – Curso de Atores para TV – “O Pesadelo do Casal Cometa”; “O Inspetor” pelo  ICM – Grupo de Teatro; Epá Granja – Associação de Moradores da Granja com “Antes que cases vê o que fazes”; “Pé no Charco” pelo Teatro Oficina “Vilma”; Teatro Art’Imagem com teatrinho ao palco – “O Silêncio do Rio de José Saramago”; “Leitura da Mensagem do Dia Mundial do Teatro” pela  Oficina de Teatro da Maia; “A Espantosa Realidade das Cousas” pelo Grupo Fantocheiro.