,

Distrital do PS deliberou a favor da nomeação de Francisco Vieira de Carvalho

Francisco Vieira de Carvalho

A Distrital do PS Porto já se pronunciou e garante que nomeação do candidato Francisco Vieira de Carvalho não viola os estatutos do partido.

A decisão da concelhia havia sido contestada pelo militante e antigo presidente do PS Maia, José Manuel Correia, que endereçou um pedido de impugnação ao Conselho de Jurisdição da Federação Distrital do PS Porto.

A Comissão Política do PS Maia, liderada por Jorge Catarino, fez saber esta tarde que já “recebeu a deliberação da Comissão Federativa de Jurisdição do PS Porto sobre a reclamação e pedido de impugnação – apresentado pelo militante José Manuel Santos Correia – da reunião que aprovou o nome do independente Francisco Vieira de Carvalho como candidato apoiado pelo PS à Câmara Municipal da Maia nas próximas eleições autárquicas”.

Na nota de Jorge Catarino é dada a informação de que o órgão federativo “ratificou a atuação da Comissão Política Concelhia do PS Maia”, considerando que a referida reunião e as decisões nela tomadas foram “inteiramente legítimas e em total respeito pelo articulado dos estatutos do PS”, mais afirmando que “irregularidade grave seria a mesa ter aceite, nas condições que o denunciante relata, a candidatura deste”.

Neste sentido, o PS Maia afirma que “parte unido, empenhado e fortemente mobilizado em torno da candidatura de Francisco Vieira de Carvalho”, a qual, acredita, “pode vir a ser uma grande vitória nas autárquicas de 2017”.

Recorde-se que o nome de Francisco Vieira de Carvalho foi aprovado na comissão política do PS Maia por uma larga maioria, “contabilizando 46 votos a favor (90%) contra apenas seis votos contra”.

Angélica Santos