,

Cinco associações ganham sedes cedidas pela autarquia

A Câmara Municipal da Maia, através da Espaço Municipal, assinou contratos de comodato com cinco instituições de caráter social e desportivo, que passam a ter a disponibilidade de cinco salas no bairro do Sobreiro para utilização nos seus serviços de apoio à comunidade.

Foram celebrados, na manhã da última terça-feira, nos Paços do Concelho, contratos (sem termo) com a Amigos Picudos – Associação para a Preservação e Proteção dos Ouriços, Cantinho do Tareco – Associação de Proteção Animal, Cão Viver – Associação de Proteção Animal, Grupo Cultural e Recreativo de Vermoim e Jafetos – Associação de Jovens Voluntários.

Na sua intervenção, o vice presidente da Câmara, António Tiago, sublinhou que este ato formal de assinatura dos contratos de comodato é o cumprimento de “uma obrigação de nos ajudarmos uns aos outros em sociedade”. O autarca afirmou que estas entidades têm um trabalho “muito meritório” junto da comunidade, com iniciativas sociais, desportivas e de apoio aos animais e, como a Espaço Municipal tinha a disponibilidade destas salas fazia todo o sentido “criar estas oportunidades” de colaboração com estas instituições.

Bragança Fernandes, presidente da Câmara da Maia, também se dirigiu aos dirigentes associativos salientando a preocupação que a autarquia tem tido em colaborar na cedência de espaços que sejam de utilidade para quem presta serviços importantes à população, como “já aconteceu com a loja da Refood e vai acontecer em breve com o Banco Alimentar, em parceria com a Santa Casa da Misericórdia da Maia, a quem vamos entregar as caves de dois ou três blocos no bairro do Sobreiro, que estamos a preparar e que serão equipadas com frigoríficos e outro material adequado para armazenar alimentos”.

Bragança Fernandes concluiu afirmando que estava “feliz por ter na Maia pessoas como vocês dedicadas a causas sociais importantes”, dirigindo-se aos representantes das associações presentes.

Angélica Santos