,

Senhora da Saúde de Gueifães em festa

Decorrem de 27 de abril a 1 de maio, as Festas em honra de Nossa Senhora da Saúde, organizadas pela paróquia de Gueifães, Maia.

É a primeira grande festividade da Maia. A devoção à Nossa Senhora da Saúde é uma festa secular que se cumpre no segundo domingo após a Páscoa, onde os peregrinos e romeiros se deslocam para homenagearem a Nossa Senhora da Saúde.

A Comissão de Festas de Nossa Senhora da Saúde preparou para este ano um amplo programa de eventos musicais e culturais.

Assim sendo, os romeiros e visitantes poderão contar com exposições, grupos de música, festival folclórico, para além de bandas marciais, fanfarra e grupos de bombos.

Juntamente com tudo isto, não faltarão as habituais diversões e o colorido fogo-de-artifício e da iluminação, sem esquecer os períodos de reflexão e momentos eucarísticos, dos quais se destaca a Missa Solene e a Majestosa Procissão, que atravessa algumas das artérias de Gueifães.

Destaques do Programa

Destaca-se no dia 27 a inauguração das iluminações e abertura das festividades, pelas 21h30. Realizando-se depois, no terreiro, um encontro de Tunas.

No dia 28, às 21h00, é inaugurada uma exposição no Salão paroquial. Depois, às 21h30, no terreiro, há a atuação dos Impecáveis e, à mesma hora, a inauguração da mostra de pintura dos alunos do Clube Unesco da Maia, na Escola do Príncipe da Beira.

No dia 29, no terreiro, há atuação de Concertinas do Tâmega, às 15h00, enquanto às 17h00, é a vez do grupo de cavaquinhos da EDMMM.

Às 19h15 haverá uma missa, sendo que às 21h30 a festa continua com o grupo Impakto. A noite fecha com fogo de artifício.

O domingo, dia 30, será preenchido com atuações musicais de bandas de música e fanfarra dos Bombeiros de Moreira, a par das manifestações religiosas, de onde se destacará a procissão. O domingo fecha com o espetáculo de Tó Costa e espetáculo de pirotecnia.

Para segunda, dia 1 de maio, está reservado o dia para mais animação com a música do grupo de bombos de Paços de Ferreira a percorrer as ruas da freguesia ao início da tarde e, a partir das 15h30, e do pavilhão da Nortecoop, sai o cortejo Etnográfico.

Às 16h30, arranca um festival de folclore, que vai preencher a tarde. À noite, no terreiro, volta a haver música com o Conjunto Típico Rosas Negras e mais um espetáculo de pirotecnia, estalaria e cor.

Angélica Santos