LIPOR homenageia comissões do projeto da Central LIPOR II da Maia

No ano de comemoração do seu 35º aniversário, o Conselho de Administração da LIPOR considerou “justo e oportuno” homenagear a Comissão de Acompanhamento da Central de Valorização Energética, na Maia, que cumpre a sua missão há mais de 20 anos, enaltecendo o papel que desempenharam e desempenham no êxito do projeto.

Neste sentido, foi convocada, no passado dia 27 de maio, uma reunião extraordinária da Assembleia de Freguesia da vila de Moreira, especialmente para este efeito.

No edifício da Junta de Freguesia foi afixada uma placa de homenagem e uma réplica dessa mesma placa foi oferecida pela LIPOR a todos os membros, antigos e atuais, das Comissões de Acompanhamento, como forma de expressar o seu reconhecimento.

Sobre a Comissão de Acompanhamento

Desde 26 de setembro de 1996 existe uma Comissão de Acompanhamento para o Projeto da Central de Valorização Energética da Maia, no seio dos Órgãos Autárquicos da freguesia de Moreira, concelho da Maia.

A Comissão de Acompanhamento tem funcionado regulamente e ininterruptamente desde 1996, tem obrigatoriamente representantes de todas as forças políticas representadas nos Órgãos Autárquicos da freguesia, reúnem na Central de Valorização Energética LIPOR II com a participação do signatário, do responsável pela Unidade e dos responsáveis pela Port’Ambiente e pela Citrup.
 

Sobre a LIPOR

 
A LIPOR é a entidade responsável pela gestão, valorização e tratamento dos resíduos urbanos produzidos pelos Municípios associados: Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde.

A LIPOR trata anualmente cerca de 500 mil toneladas de resíduos urbanos produzidos por 1 milhão de habitantes. Sustentada nos modernos conceitos de gestão de RU, a LIPOR desenvolveu uma estratégia integrada de valorização, tratamento e confinamento dos RU, baseada em três componentes principais: Valorização Multimaterial, Valorização Orgânica e Valorização Energética, complementadas por um Aterro Sanitário para receção dos rejeitados e de resíduos previamente preparados.