José Manuel Sampaio termina mandato nos rotários de Águas Santas/Pedrouços

José Manuel Sampaio transmitiu o testemunho na presidência do Rotary de Águas Santas/Pedrouços na última terça-feira, no jantar do clube, a Cristina Marques Lima, assegurando tratar-se de «uma mulher capaz de dar continuidade ao trabalho realizado anteriormente, com o empenho e motivação suficientes para garantir o lema rotário “Dar de si antes de pensar em si”».

Após um ano de gestão dos rotários Aguas Santas / Pedrouços sai mais enriquecido em termos pessoais e porquê?

A oportunidade de trabalhar com a Comunidade Escolar, foi para mim motivo de grande satisfação e orgulho.

Trabalhar com as Unidades de Multideficiência e Autismo dos Agrupamentos Escolares de Águas Santas e Pedrouços e ainda com as Creches/Infantários da Santa Casa da Misericórdia da Maia, instalados nestas duas freguesias do concelho, foi sem dúvida a maior riqueza que pude experienciar enquanto rotário e ser humano.

Muitas vezes, a diferença é uma realidade esquecida, não interiorizada pela nossa sociedade.

A experiência na gestão de um projeto rotário destinado à Multideficiência e Autismo, despertou-me para esta realidade, inserida nas unidades de ensino estruturado e também, para todo um trabalho necessário de forma melhorar a qualidade de vida destas crianças e jovens, muitas vezes impedidos da própria liberdade vivencial.

Tenho a esperança que o mesmo tenha atingido o objetivo principal: Despertar Consciências. É certo que compete ao Estado criar condições que proporcionem, a estas crianças, o máximo de conforto e bem estar no seu dia a dia, no entanto, a sociedade civil e as instituições têm um papel preponderante.

Finalizado o ano rotário, encerra simultaneamente o projeto: “Eu Sou Igual a ti” na certeza que fica a estimulação e a forte motivação para encarar novos desafios e projetos capazes de o complementar.

Que balanço faz deste mandato nomeadamente as iniciativas no terreno?

O Projeto “Eu sou igual a ti” consistiu num conjunto de várias iniciativas nas quais se pretendia envolver toda a comunidade escolar e local, que passo a elencar: Caminhada Solidária uma parceria com o Mocidade de Sangemil Atlético Clube; Campanha da Gi (venda de réguas e marcadores); campanha “Ao ligar está ajudar”, Concerto de Ano Novo, em parceria com a Junta de Freguesia de Águas Santas e Banda de Música da Força Aérea Portuguesa; trabalhos voluntários dentro das unidades, apoios de empresas para aquisição de materiais e por fim a Festa de Encerramento do Projeto.

Para além das iniciativas anteriores, outras se realizaram, e destaco, a I sessão Empresarial constituída pelo seguinte plantel: Dr. Rui Gomes Amorim, Ceo da Cerealis, Dr. Emídio Gomes, Ex-Presidente da CCDRN e o Dr. Joaquim Branco, Ceo da Companhia de Seguros Real Vida Seguros, também companheiro rotário.

Tivemos ainda a Campanha do Azeite Serrata, patrocinada pela Empresa Manuel Serra na qual foram contemplados, neste ano, os Vicentinos de Águas Santas. Por fim, foram realizadas várias sessões/palestras de companheirismo. Sem falsas modéstias, faço um balanço muito positivo apesar de considerar que muito mais pode ser feito.

No que respeita a conhecimento da comunidade envolvente e relacionamento desta com os rotários, que benefícios houve?

A Imagem pública em Rotary é uma área por vezes muito difícil de explorar, contudo através das ações de divulgação e das iniciativas concretizadas, julgo que esta foi uma tarefa ultrapassada.

Hoje já são muitos os que nos conhecem e sabem exatamente o trabalho que desenvolvemos. As Associações de Pais, as Direções escolares, as Coordenações das Unidades, os Alunos, os Pais, o corpo Docente, os Não docentes, as Instituições, as Associações e as Empresas são exemplo disso mesmo.

A forte mobilização, esplanada na Festa de Encerramento do Projeto demonstrou o interesse e reconhecimento de um ano de trabalho que para além da compensação emocional/afetiva, trouxe-nos uma ajuda monetária de um valor aproximado a 7 mil euros, que irão ser aplicados em equipamentos e materiais pedagógicos.

O que mais o marcou no seu mandato?

O meu mandato 01/07/2016 a 30/06/2017, considero ter sido bastante exigente.

Como é do conhecimento público, estive simultaneamente a Presidir três Organizações distintas, o que obrigou a uma gestão de tempo muito cuidada.

Contudo esta experiência, apesar de sui generis, marcou-me positivamente no contacto e envolvência com as pessoas em prol de causas que a todos nós dizem respeito.

Por outro lado, a possibilidade de partilhar parte da minha vida num trabalho a favor das crianças diferentes, foi sem dúvida uma experiência que me marcou para a vida e na qual pretendo continuar a dar especial atenção.

Houve projetos por realizar?

O Projeto “Eu sou igual a ti”, realizou-se durante um ano rotário sob a minha presidência.

Foi um projeto único com diversas iniciativas concretizadas. Apesar de se ter encerrado o 1º ciclo das mesmas, pretende o Rotary Club de Águas Santas/Pedrouços abrir um 2º ciclo de iniciativas de forma a garantir a sua continuidade através das parcerias já existentes e por outro lado fomentar a criação de novas.

Angélica Santos