, ,

Ranchos de Moreira têm casa nova

No dia 23 de julho, a vila de Moreira viveu um momento de festa com a inauguração da requalificação efetuada ao edifício municipal, atualmente ao serviço dos ranchos folclóricos da freguesia, e de um edifício de apoio, bem como arranjos do espaço envolvente.

Os Ranchos Folclóricos de Moreira desenvolviam a sua atividade numas instalações de pequenas dimensões, situadas na Travessa de Matos, pelo que não dispunham de espaço necessário ao desenvolvimento das suas atividades.

Os Ranchos Folclóricos de Moreira (um deles infantil) têm um papel importante no concelho da Maia, como fator tradicional de identidade da população, prestando um serviço de educação / formação em dança, musical e cultural fundamental para a comunidade. Tendo em conta esse dinamismo, foram feitas obras de requalificação de dois edifícios que se encontravam em mau estado.

Edifício principal tem agora edifício anexo de apoio

As intervenções consistiram em: requalificação de um edifício existente ao serviço dos Ranchos Folclóricos de Moreira; adaptação/ajustamento dos edifícios a novas funções, nomeadamente para atividades de formação em dança, musical, cultural e lúdicas envolvendo a comunidade local em particular, a população da freguesia de Moreira e a população do município da Maia, tendo em conta a importância dos Ranchos de Moreira na história e na participação das atividades culturais, lúdicas e de todo o concelho; ainda a requalificação dos espaços públicos dando continuidade ao tecido urbano, melhoria geral da mobilidade, nomeadamente através de uma melhor gestão dos espaços de circulação envolventes.

Há espaço de ensaios e também um Museu Etnográfico

A área total intervencionada atinge 1071 metros quadrados, tendo a intervenção abrangido trabalhos bastante completos na área e no espaço circundante.

Foi necessário proceder à demolição de todas as construções anexas, a manutenção do edifício principal, a construção de um edifício com serviços de apoio ao edifício principal e a recuperação/remodelação de um edifício existente para espaço de “Museu/exposição de espólio do “Rancho Regional de Moreira”.

O edifício principal, contempla um espaço amplo de ensaios, quer ao nível do piso 0, que ficou a funcionar para o Rancho Regional de Moreira, quer ao nível do piso 1, que ficou afeto ao serviço do Rancho Infantil e Juvenil.

No novo edifício construído, criaram-se as necessárias instalações sanitárias adequadas e vestiários de apoio à atividade dos grupos folclóricos.

A função do espaço do edifício destinado a Museu/Espaço de exposição será a de expor o espólio existente e pertença do Rancho Regional de Moreira.

Quanto aos acessos e arranjos exteriores, executou-se novo muro de vedação, em alvenaria de granito, contiguo ao passeio exterior; um acesso rampeado de forma a vencer o desnível entre a cota do passeio e o interior do terreno; colocou-se um portão de acesso comum, pedonal e de veículos.

Trabalhos que permitiram assegurar a evacuação fácil e rápida em casos de emergência e o acesso a veículos para o transporte de equipamento e instrumentos musicais dos Ranchos.

Previu-se ainda a execução de rampas de acesso de forma a vencer o desnível existente entre o exterior e interior dos edifícios e assim permitir o livre acesso e circulação de pessoas com mobilidade condicionada, bem como novas pavimentações.