,

Papa João Paulo II olha pela Maia a partir da urbanização Novo Rumo

 

A Maia tem desde o dia 15 mais uma estátua. Trata-se da homenagem da Paróquia da Maia ao Papa João Paulo II, sendo que a escultura de um dos papas mais queridos de sempre ficou instalada na Urbanização Novo Rumo.

 

Associaram-se a celebração dos 25 anos da dedicação da Igreja Nossa Senhora da Maia e a benção da estátua de S. João Paulo II, em cerimónias presididas por D. Manuel Linda, Bispo das Forças Armadas e Seguranca, acompanhado pelo pároco da Maia Domingos Duarte.

 

Nas cerimónias participaram ainda as entidades autárquicas, como presidentes de Junta do concelho e o presidente e vice presidente da Câmara da Maia, respetivamente, Bragança Fernandes e António Silva Tiago.

 

«A Maia acolhe S. João Paulo II de quem teve a bênção no dia 11 de Maio de 1991. A urbanização do Novo Rumo tem esta escultura, que é de todos os que colaboraram com gestos de generosidade e outros que vão continuar.

 

Ela é fruto da generosidade e não de alguém – é nossa. É um sinal dos tempos novos. Quem por lá passar e for crente louvará a Deus pelo dom da vida do Papa S. João Paulo II, o maior homem do século XX.

 

Quem se dizer arreligioso, “ateu” laico, agnóstico – termos que alguns sem saberem usam como distintivo, não deixará de se interrogar sobre tal figura. É possível que haja de tudo. Mas o tempo fará o sol erguer-se e muitos dizerem: Eu creio.

 

Sinto-me emocionado, maravilhado com o que está bem patente aos olhos e que o coração guarda. Vai ser para a Maia um marco histórico e que vai dizer que vale a pena viver na Maia, pois é a Terra que tem a Escultura do Papa S. João Paulo II», refere o Padre Domingos Duarte.