,

Depois das festas a recolha de resíduos reverte para a Socialis

O Projeto “Recolha Seletiva em Festas e Romarias” a favor de Causas Sociais, em implementação de maio a outubro, abrangeu um total de 16 festas, romarias e eventos de características similares, resultando na recolha de um total de mais de 31 toneladas de resíduos recicláveis (papel, cartão; embalagens de plástico e metal; vidro) e permitindo o seu encaminhamento para Reciclagem.

A Lipor divulgou os resultados no passado dia 27 de outubro, adiantando que serão beneficiadas com os valores da reciclagem 10 entidades dos concelhos associados.

Salienta-se que no material rececionado proveniente deste projeto não foi identificada nenhuma situação de não-conformidade, o que mostra a qualidade do material separado.

De forma a apoiar a implementação no terreno deste Projeto, foram alvo de sensibilização presencial um total de 371 pontos comerciais presentes no recinto das diferentes festas, sendo esta dirigida sobretudo aos pontos de tipologia semelhante ao setor da restauração.

Os resultados obtidos são fruto do esforço conjunto da LIPOR e dos Municípios Associados na promoção da gestão sustentável dos resíduos e na criação de hábitos de separação de resíduos.

Mas o projeto não se encerra nesta fase, seguidamente terá lugar, em parceria com os municípios associados, a atribuição de benefício às 10 Entidades.

Assim, na Maia, será beneficiária da Lipor a Socialis – Associação de Solidariedade Social. As recolhas efetuadas no concelho aconteceram nas festas de Nossa Senhora da Natividade e Nossa Senhora do Bom Despacho.