, ,

Maiambiente vai reduzir consumos energéticos em 35%

Candidatura ao Fundo de Eficiência Energética já aprovada vai permitir adotar medidas mais eficientes no edifício sede da empresa municipal.

Com o objetivo de reduzir os consumos energéticos atuais do edifício sede da Maiambiente, a empresa gestora de resíduos da Maia viu aprovada a sua candidatura ao Fundo de Eficiência Energética.

Através deste financiamento, que contempla o apoio financeiro de 80% das despesas elegíveis da operação, vai ser possível implementar medidas mais eficientes que permitirão uma redução de 35% dos consumos energéticos atuais, o que corresponderá a uma poupança na fatura de energia de cerca de 8 mil euros anuais.

Para operacionalizar a candidatura, a Maiambiente irá instalar: uma bomba de calor de alta temperatura, com o intuito de reduzir o consumo do sistema de apoio ao sistema solar térmico, atualmente realizado por intermédio de resistências elétricas; um sistema de parametrização do sistema AVAC (aquecimento, ventilação e ar condicionado) de acordo com as reais necessidades do edifício, em vez de estar ininterruptamente em funcionamento. Irá ainda substituir a iluminação interior e exterior por tecnologia led, mais eficiente.