, ,

Semanário Expresso apelida a Maia de Palmela de “potências exportadoras”

O Instituto Nacional de Estatística divulgou em Fevereiro passado os números de 2017, referentes ao Comércio Internacional do nosso país. No domínio das exportações de bens e serviços, as empresas da Maia registaram vendas ao exterior no valor de 1 595 milhões de euros, o que representou um crescimento de quase 10% relativamente ao ano anterior de 2016.

Tal como o Primeira Mão havia noticiado na edição de 11 de maio, os valores das exportações com origem na Maia colocavam o município na liderança na Área Metropolitana do Porto e no 5º lugar do ranking nacional, posição só suplantada por Lisboa, Palmela, Famalicão e Setúbal.

Ora, na edição de 9 de junho, o semanário “Expresso”, escalpelizava aquela estatística e procurava os concelhos que mais têm contribuído para impulsionar as vendas ao estrangeiro, desde 2013. O jornal destacou assim a Maia pelo seu destaque na recente “escalada no top ten dos grandes exportadores”. Hoje em 5º lugar, era 9º em 2013, refere ainda o Expresso.