,

Jornadas do Futuro pelo CDS Maia

A Comissão Política do CDS Maia continua a cumprir o seu plano de atividades, organizando as “Jornadas do Futuro”, no próximo dia 29, pelas 14h30, na Escola príncipe da Beira.

A iniciativa tem como objetivo a discussão alargada e aberta sobre temas que perspetivem um impacto relevante no futuro dos municípios e da política autárquica. De cariz anual, para estas primeiras “Jornadas do Futuro”, o debate recairá sobre “O Território e a Descentralização”, tema que já tem vindo a ser abordado por esta comissão política em vários debates internos do CDS e também ao nível do município maiato.

Manuel Oliveira, presidente da Comissão Política do CDS Maia, sublinha que “é essencial que os partidos se abram, mas com atividades que respeitam a sua essência de espaços de discussão e pensamento crítico sobre o presente e futuro da sociedade.”

As “Jornadas do Futuro” do CDS Maia estão programadas para o dia 29 de setembro, nas instalações da Escola Príncipe da Beira, em Gueifães, com um cartaz com nomes fortes. Para Manuel Oliveira “o CDS Maia tem sempre por hábito promover momentos que sejam de reflexão política até porque, ainda que por vezes não pareça, é para isso que servem os partidos políticos. Também não temos medo de convidar o contraditório porque acreditamos que é isso que proporciona discussões sérias e que nos fortalecem no combate de ideias.”

Por isso mesmo, o presidente do CDS Maia considera importante que estes debates, tal como as Jornadas do Futuro, sejam abertos ao público.

As “Jornadas do Futuro” começam às 14h30 com o acolhimento dos participantes, seguindo-se às 15h00 a sessão de abertura com Manuel Oliveira, presidente da Comissão Política do CDS Maia.

Às 15h10, discute-se “Descentralização: um caminho para a Regionalização?”, com: Adolfo Mesquita Nunes, vice presidente do CDS e vereador na Câmara da Covilhã; Mário Nuno Neves, vereador na Câmara da Maia. O moderador será Tiago Lopes.

Às 16h30, acontece a homenagem a militantes do CDS Maia. Após a pausa para café, inicia-se às 17h00, o painel com o tema “Transferência de Competências: qual o impacto na gestão municipal e no quotidiano dos cidadãos?”, com os oradores: Paulo Cunha, presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão; Isabel Celeste Fonseca, docente na Escola de Direito da Universidade do Minho. Aquilina Ribeiro será a moderadora.