, , ,

Quinta dos Cónegos há um ano na posse do município

Um ano Numa altura em que se assinala um ano da aquisição da Quinta dos Cónegos pela Câmara da Maia, o último fim de semana de setembro foi aproveitado para abrir portas à população para usufruto do espaço e receber iniciativas culturais.

Assim, no dia 28, o espaço foi palco de uma receção aos professores, uma outra faceta da abertura do ano letivo 2018/19.

Se numa primeira fase foram acolhidas e dadas atenções às crianças e às obras em curso nas escolas, nesta segunda fase, foi tempo de mimar os professores com um encontro ao fim do dia. Um convívio de acolhimento, dando as boas vindas a quem já está efetivo e a quem vem dar aulas pela primeira vez no concelho da Maia, para que a família de docentes se sinta em casa.

A par dos professores estiveram autarcas e demais agentes educativos, ao todo cerca de 300 pessoas, num sinal “de reconhecimento e de estímulo dos professores”, como referiu a vereadora da Educação, Emília Santos.

A autarca, que também é deputada pelo PSD na Assembleia da República, afiram o grande apreço pela classe docente, sublinhando que são os professores os “maiores parceiros dos autarcas e de todos aqueles que projetam o futuro de um concelho. Precisamos de estar juntos, porque juntos somos mais escola”.

‘Sons no Património’ com António Chainho Trio

No dia seguinte, dia 29 de setembro, às 21h30, foi a vez de a Quinta dos Cónegos se tornar palco para António Chainho Trio.

‘Sons no Património’ da Área Metropolitana do Porto é um evento em rede que, ao longo de quatro dias, propôs 17 museus ou lugares patrimoniais dos 17 municípios integrantes, como palcos de excelência.

Na Maia, o concerto de ‘Sons no Património’ teve lugar na Quinta dos Cónegos com um sucesso assinalável.