,

PAN defende criação de Banco de Voluntariado na Maia

Na Assembleia Municipal da Maia, do passado dia 27, quinta-feira, o PAN apresentou uma recomendação à Câmara Municipal para o estudo e a implementação de um Banco de Apoio ao Voluntariado.

A recomendação foi aprovada por maioria, com os votos contra da CDU, abstenção do BE e uma abstenção da Coligação “Um Novo Começo” (PS/JPP).

«Esta recomendação surge da forte dinâmica de instituições, associações ou entidades sem fins lucrativos na Maia que podem acolher voluntários e cidadãos interessados em prestar um serviço de voluntariado e da necessidade de existir uma estrutura agregadora de apoio que facilitará e potencializará a mobilização e sensibilização face ao voluntariado. O papel da autarquia nesta implementação será crucial, ao garantir o enquadramento jurídico do voluntariado e capacitando os intervenientes para esta atividade de interesse social», informa o PAN Maia em nota de imprensa.

Afirma a deputada municipal da Maia pelo PAN que “esta iniciativa, articulada com a recente Portaria no 389/2018 de 31/7 que cria a medida de Apoio ao Voluntariado, será um instrumento de proximidade, aumentando as condições formais do voluntariado ativo nas associações e instituições de utilidade pública da Maia, conferindo maior motivação, qualificação e responsabilidade.”