,

Assinados protocolos com os parceiros do Programa de Saúde Escolar

A Câmara Municipal da Maia assinou os protocolos de cooperação com os parceiros que integram o Programa Municipal de Saúde Escolar, numa cerimónia que decorreu na segunda-feira, dia 12, no salão nobre dos Paços do Concelho.

Os protocolos foram celebrados com parceiros científicos e pedagógicos para levar por diante diversos projetos, que constituem o Programa de Saúde Escolar, para o ano letivo de 2018/2019.

Este Programa é implementado pelo 14º ano consecutivo, enquanto investimento na saúde das crianças do concelho, na sua fase mais primária: a prevenção. A máxima subjacente a todo o Programa é “Novos estilos de vida, ativos e saudáveis”.

Criado no ano de 2005 com apenas duas áreas de intervenção, a Educação Alimentar e a Prevenção Solar, disponibiliza hoje 15 áreas, destinadas a todos os Agrupamentos do concelho da Maia, incluindo ainda os infantários da Santa Casa da Misericórdia da Maia e da ASMAN.

A Câmara da Maia parte da premissa que é «através da prevenção que criamos gerações mais responsáveis e mais saudáveis no concelho, permitindo às crianças criarem para o futuro estilos de vida saudáveis e de cidadania ativa».

Estão em curso 10 projetos vocacionados para os alunos do 1º ciclo e jardins de infância: Projeto de saúde e cidadania, designado por “Maia amiga da dádiva de sangue”; Projeto de educação alimentar, designado por “Maia menu saudável & Amigos hortícolas”; Projeto de primeiros socorros, designado por “Maia, pequenos socorristas”; Projeto de educação alimentar & ambiental, designado por “Maia refeições saudáveis & sustentáveis”; Projeto de prevenção solar, designado por “Maia, com o sol no coração vamos ter precaução”; Projeto de saúde inclusiva, designado por “Maia mais igual – Porta aberta à saúde mental”; Projeto de emergência médica, designado por “Maia ajuda o INEM a salvar vidas”; Projeto de educação postural, designado por “Maia, melhor postura, mais saúde”; Projeto de segurança alimentar, designado por “Maia refeições seguras – de pequenino se torce o pepino”; Projeto de prevenção rodoviária “Maia, prevenção rodoviária começa por ti”.

Para o 2º e 3º ciclos o município disponibiliza os seguintes workshops: Educação Alimentar: Sabes o que comes?; Saúde e Cidadania: Dar sangue, uma atitude positiva!; Saúde e Mental: Porta aberta à saúde mental; Saúde oral: Pircings: o custo de um furo!; Emergência médica: Maia ajuda o INEM a salvar vidas; Adições: Põe-te a milhas das Pastilhas!; Educação Sexual: Sexualidade Olhos nos Olhos; Afetos: Violência no namoro: das práticas aos significados.

O programa conta com as seguintes parcerias: ACES Maia/ Valongo; Instituto Português do Sangue e da Transplantação; Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto; Escola Superior de Saúde de Santa Maria; Lipor; Liga Portuguesa Contra o Cancro, Núcleo Regional do Norte; Clínica de Psiquiatria e Saúde Mental (CPSM) do Centro Hospitalar São João (CHSJ); Instituto Nacional de Emergência Médica; Delegação Regional Norte do INEM; Escola Superior de Saúde de Santa Maria; Escola Superior de Biotecnologia da Universidade católica Portuguesa; Universidade Fernando Pessoa; Instituto de Biologia Molecular e Celular; Instituto Universitário da Maia.

No sentido de conceder maior visibilidade às ações do Programa, a Câmara da Maia convidou algumas figuras públicas para apadrinharem os diversos projetos.

Assim, o Chef Hernâni Ermida é embaixador do projeto de educação alimentar, a estilista Katty Xiomara do projeto de prevenção solar, a atleta olímpica Fernanda Ribeiro é embaixadora do projeto de educação postural, enquanto o piloto de automóveis Renato Pita promove o Projeto de Prevenção Rodoviária. O FC Porto é embaixador dos restantes projetos envolvidos no Programa Municipal de Saúde Escolar.