Distinção à Provedora e Mesa Regedora da Misericórdia

No último sábado de novembro (25), tradicionalmente importante para a Misericórdia da Maia e este ano de emoção acrescida pela memória do Irmão Fundador e Benemérito Fernando de Almeida, falecido a 30 de outubro deste ano, a Assembleia Geral aprovou o Plano de Ação e Orçamento para 2019 e honrou aquele saudoso Irmão com um minuto de silêncio.

Os trabalhadores fizeram questão de manifestar o seu reconhecimento à Provedora, Maria de Lurdes Maia, à Mesa Regedora, demais órgãos sociais e Irmãos da Misericórdia, pelo seu trabalho voluntário e dedicado em prol da comunidade e da manutenção dos postos de trabalho criados pela instituição.

Foi altura de recordar também os colegas de trabalho falecidos neste último quadriénio e de homenagear de forma singela Fernando de Almeida, por uma vida de altruísmo e pelo carinho que sempre dedicou ao pessoal da Santa Casa.

Evocada pelo Vice-Provedor a Irmã que este ano completa 50 anos de filiação na Misericórdia e as duas saudosas personalidades que em muito contribuíram para as homenagens que se seguiriam – Prof. Doutor José Vieira de Carvalho, Provedor durante mais de 20 anos e Fernando de Almeida, a “consciência moral” e o “garante dos valores profundos e fundacionais” da Misericórdia, seguiram-se as habituais distinções atribuídas pela instituição.

São elas a homenagem aos colaboradores pelo tempo de serviço e a entrega da bolsa de estudo.

Assim, foram homenageados os 25 colaboradores que este ano completam 20 anos de serviço nesta Misericórdia e a quem a instituição agradeceu a dedicação e esforço.

Depois foi entregue a Bolsa de Estudo Prof. Doutor José Vieira de Carvalho, este ano a um estudante que completou o ensino secundário com média final de 20 valores, e seis Menções Honrosas a estudantes que completaram o secundário com médias finais entre os 19 e os 20 valores.