,

Metro do Porto ultrapassa os 62,6 milhões de clientes

Metro no ISMAI

O Metro do Porto encerrou o ano de 2018 com mais de 62 milhões e 600 mil clientes transportados, valor que representa um novo máximo histórico e um crescimento de 2 milhões ou 3,4 por cento face ao ano anterior.

Estes resultados colocam a procura global do Metro acima dos 60 milhões pelo segundo ano consecutivo. Desde 2016 que o sistema conquistou 5 milhões de clientes, faz saber a administração do Metro do Porto.

O Metro do Porto faz saber que “os atuais indicadores colocam o desempenho do Metro do Porto solidamente acima do que foi previsto nos estudos iniciais de procura (e que apontavam para uma velocidade de cruzeiro com 60 milhões de utilizadores)”.

Em comunicado, a empresa especifica que “mais de 62 milhões e 647 mil pessoas utilizaram o Metro durante 2018, superando em mais de 2 milhões o valor de 2017 (60,6)”.

Refere ainda que “o melhor mês foi Outubro, com mais de 6,1 milhões de clientes, sendo que o registou menor afluência foi Agosto, com 4,3 milhões. Em média anual, a procura em dia útil situou-se perto dos 207 mil.

O aumento do número de clientes na rede do Metro tem sido uma constante deste o início da sua exploração comercial, em 2003. À exceção de 2012, todos os exercícios registaram ganhos de procura face aos anteriores, numa tendência de conquista de mercado que se acentuou nos últimos três anos: no conjunto de 2016, 17 e 18 o Metro cresceu quase 5 milhões de clientes, passando de 57,7 para os mais recentes 62,6 milhões”.