,

Maiambiente trabalho no aperfeiçoamento dos sistemas de separação e recolha de resíduos

Depois de atingir bons resultados na reciclagem e recolha de resíduos recicláveis a nível metropolitano e nacional, o município da Maia trabalha no aperfeiçoamento dos métodos e da divulgação dos mesmos junto da população.

A Maiambiente faz saber que, tendo em vista a promoção de “uma melhoria contínua e do aperfeiçoamento do sistema de deposição e recolha dos resíduos nos compartimentos dos prédios do município da Maia”, está a ser implementado o projeto ‘Juntos Reciclamos+’.

Trata-se de um projeto que permitirá a identificação, redimensionamento e reorganização destes sistemas. A ação é promovida pela Maiambiente em articulação com a Câmara Municipal da Maia e com a Lipor.

Para tal, explica a nota da empresa municipal responsável pela gestão de resíduos, «todos os compartimentos de Resíduos Urbanos existentes no concelho serão visitados por técnicos da Maiambiente com o objetivo de colocar no seu interior um dístico com um código, que identificará o compartimento e que avaliará a existência e funcionamento do Sistema de Identificação dos contentores».

Esclarece ainda: «ao mesmo tempo, será validada a quantidade de contentores existentes, para cada tipo de materiais/resíduos, e avaliada a necessidade de alteração da quantidade e/ou capacidade desses contentores. Serão ainda reforçadas as sinaléticas com as instruções de separação dos materiais para reciclagem. Estas ações não interferem com a boa utilização dos compartimentos e respetivos contentores pelos seus utilizadores».

A Maiambiente recorda que, «devido ao empenho de todos os maiatos, o nosso município atinge atualmente índices de separação de referência metropolitana e nacional. Para tal desempenho, contribui a característica ímpar da maioria dos edifícios coletivos do concelho estarem dotados, no seu interior, de um compartimento destinado ao armazenamento dos contentores para a deposição dos resíduos urbanos, bem como a forte adesão dos maiatos à separação dos materiais destinados à reciclagem, nomeadamente papel, cartão, embalagens plásticas, metálicas e de vidro».