,

Estudantes maiatos à conversa com cosmonauta russo

No próximo sábado, dia 13 de abril, pelas 10h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho da Maia, jovens estudantes maiatos vão estar à conversa, “ao vivo e a cores” com o cosmonauta russoo Mikhail Kornienko Borisovich.

Em março de 2016, fruto das excelentes relações entre a Câmara Municipal da Maia e a Embaixada da Federação da Rússia nasceu uma ação original de cooperação internacional, que envolveu essas duas entidades, a Agência Federal de Cooperação Internacional Cultural da Rússia, o Museu de Cosmonáutica de Moscovo e o Agrupamento de Escolas Gonçalo Mendes da Maia.

Este evento decorreu entre o auditório da Escola Secundária da Maia e o Museu de Cosmonáutica de Moscovo e foi através de uma videoconferência, que os alunos maiatos e russos partilharam experiências e colocaram questões ao cosmonauta russo Alexander Laveikin. A Maia foi a primeira cidade da Europa a ter uma experiência destas.

O cosmonauta Alexander Laveikin participou, em 1987, a bordo da nave Soyuz TM-2, na missão MIR-2, no âmbito da qual permaneceu 174 dias no espaço.

O evento serviu também para assinalar os 55 anos da primeira viagem do homem ao espaço (Yury Gagarin, 12 de Abril de 1961).

Desde então surgiram novos projetos com a Rússia, dos quais destacamos o Projeto “Escola de Sábado”, fruto de um Protocolo de Cooperação entre o Agrupamento de Escolas Gonçalo Mendes da Maia, a Associação AMIZADE – Associação de Imigrantes dos países de Leste e a Agência Federal de Cooperação Internacional Cultural da Rússia.

Esta Escola permite que os filhos dos imigrantes deste país de Leste, residentes na Maia e na Área Metropolitana do Porto, possam utilizar um espaço da Escola Gonçalo Mendes da Maia para o ensino da língua e cultura russas.

De sublinhar que Mikhail Kornienko Borisovich integrou a “One Year Mission” em 2015/2016, a missão espacial de 340 dias contínuos a bordo da Estação Espacial Internacional, naquela que foi a mais longa permanência de um ser humano na estação, como parte de um teste de adaptação do corpo humano a longos períodos no espaço, visando futuras missões ao espaço profundo e a Martee.