,

Fins de Semana Gastronómicos a criar raízes na Maia

Decorreu entre os passados dias 10 e 12 de maio, mais uma edição dos Fins de Semana Gastronómicos da Maia, iniciativa promovida pela Unidade de Turismo da Câmara Municipal da Maia e integrada na agenda da Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal.

Paralelamente, decorreu a iniciativa “Há Petiscos da Escola”, que envolveu, entre outros, a participação do Curso de Cozinha e Pastelaria do Agrupamento de Escolas do Castelo da Maia, a Cooperativa Agrícola da Maia e a Real Confraria Gastronómica das Cebolas.

O evento, que contou com a adesão de um número considerável de restaurantes do concelho, serviu segundo o vereador da Economia Paulo Ramalho, para “promover a boa gastronomia da Maia, que é um ativo económico importante, e que se pretende que seja cada vez mais um fator de atração de visitantes ao nosso território”.

O vereador maiato, que tutela também a Unidade de Turismo da autarquia da Maia, referiu ainda “que este ano, para além da promoção da nossa gastronomia, aproveitamos para promover dois espaços particularmente importantes do nosso concelho, com inegável interesse turístico, como o são a Torre do Lidador e a Quinta dos Cónegos.

São espaços que merecem uma visita atenta e que muitos dos nossos munícipes ainda não conhecem, razão pela qual realizamos ‘Há Petiscos da Escola’, ao final da tarde de sexta-feira, precisamente no vigésimo andar da Torre do Lidador, com visita ao Maia 360º, e novamente no sábado de tarde nos jardins da Quinta dos Cónegos, com visita à casa”.

Em jeito de balanço, Paulo Ramalho sublinhou o sucesso do evento, “que trouxe muita gente aos restaurantes aderentes, e particularmente à Torre do Lidador e à Quinta dos Cónegos, onde face a uma estratégia de parcerias, foi possível, com pouco investimento, conjugar num só espaço, animação, degustação de iguarias gastronómicas e vinhos”.

O vereador recordou, por último, “a grande capacidade de promoção e divulgação das potencialidades do nosso território que este tipo de eventos hoje oferece face ao efeito multiplicador das redes sociais”.