António Mauzinho da Bajouca comenta o novo blogue do Primeira Mão

Nos confins de África, onde me encontro nuns dias de férias, por entre a fauna e a flora autóctone, fui informado que o Primeira Mão abriu um blogue. Pouco conhecedor dessas coisas da informática – o que me vale são os meus pequenos, que sempre me dão uma ajudinha -, lá arranjei, aqui no lodge, um espaço de tempo, por entre os leões e os elefantes, para dar uma espreitadela ao novo coiso.

Gostei, sim senhor, e até quebrei o meu descanso para dedilhar este naco de prosa e envia-lo para o senhor director.

Embora longe, essa malta amiga da Maia não me falha, lá vou sabendo algumas coisitas da nossa terra. Olhem, fiquei a saber que fim-de-semana que se aproxima há cinema em S. Pedro Fins. Deus meu, em S. Pedro Fins… Vejam lá. Não me disseram qual será o filme mas, se me permitem a sugestão, porque não um documentário sobre leões, tigres, linces e ursos…? Heim? Sempre é uma forma de conhecerem em detalhe a fauna local do lugar do Leandro. Com jeito até podem encontrar um documentário sobre gambozinos.

Agora que tive um contacto mais aprofundado com os animais selvagens, que não os outros, não posso deixar de confessar a minha admiração pelos felinos. Como disse o grande Mark Twain, “De todas as criaturas de Deus, somente uma não pode ser castigada.  Essa é o gato.  Se fosse possível cruzar o homem com o gato, melhoraria o homem, mas pioraria o gato". Isto, vindo do autor de “As aventuras de Tom Sawyer” tem que se lhe diga.

A propósito, já repararam na bela dupla de aventureiros, tais Tom Sawyer e Huck Finn, que estão a começar a sair da casca por terras da nossa Maia?

Saudações do vosso António Mauzinho da Bajouca