Gueifães feminino: “Estamos no bom caminho”

O terceiro lugar na Fase Final da Divisão A1 de Seniores Femininos e uma prestação razoável na Taça de Portugal foram os resultados do Gueifães nesta temporada voleibolística.
O técnico das maiatas, João Vieira, considera que a época “correu dentro dos objectivos traçados” e faz um balanço positivo da equipa na divisão máxima do voleibol feminino: “O grupo cresceu como equipa. Era um misto de experiência e atletas jovens. Houve dois adversários que foram mais fortes e tiveram o mérito de chegar à final. Nós estivemos bem e alcançámos o objectivo de pôr a equipa nos lugares cimeiros. A maioria das equipas são profissionais e nós não. Isso faz alguma diferença”.
João Vieira garante também que na próxima época “se prepara para continuar a orientar a equipa” e deixa algumas metas ambiciosas: “A equipa está a crescer e na próxima época estaremos mais fortes para disputar o acesso à final. Ficámos em terceiro nos últimos dois anos e esta temporada não perdemos com os adversários que ficaram abaixo de nós. Estamos a crescer e com isso vêm mais responsabilidades de lutar por esses lugares”.

O Gueifães falhou a qualificação para a final por dois pontos e treinador elege dois momentos que podem ter sido decisivos: “Na primeira fase, quando fomos aos Açores defrontar o Clube K. Nesse jogo tínhamos o cansaço das viagens, chegámos quase em cima do jogo e o piso estava escorregadio. Isso tudo junto contribuiu para que não estivéssemos tão bem. Mesmo assim conseguimos chegar à ‘negra’ e perder só por 3-2. O último jogo da primeira fase, com o Ribeirense, em casa, também foi decisivo. As duas equipas fizeram dos melhores jogos da época e tivemos várias vezes vantagens grandes que não conseguimos aproveitar. Esses jogos foram decisivos para que não estivéssemos a disputar o título”, atira João Vieira.

Em relação ao campeão da época 2009/2010, o técnico das maiatas diz “que o Trofa estaria melhor colocado porque já está habituado a estas finais”. Porém a vitória das açorianas do Ribeirense na Trofa pode mudar tudo: “As viagens às ilhas são sempre muito difíceis. Se o Ribeirense fizer o 2-0 as coisas complicam-se muito para as campeãs nacionais”, concluiu João Vieira.
A equipa masculina do Gueifães ainda joga o 3º lugar da Divisão A2. No passado fim-de-semana os maiatos receberam e venceram o Clube Voleibol de Lisboa, por 3-0.

Com esta vitória os comandados de José Seco colocam-se em vantagem e estão a uma vitória de alcançarem o pódio do campeonato. Esse triunfo pode acontecer já amanhã, às 18h00, altura em que os maiatos visitam Lisboa para o segundo jogo deste play-off.

André Cordeiro